Caralho dói pra caralho

Antes que me xinguem de vulgar, devo dizer que a frase-título do post não foi escrita por mim, mas sim por Caio Fernando Abreu, um dos escritores brasileiros mais bacanas que já li. Em Pela noite, Caio F. diz:

Tem a dor, a puta dor. Caralho dói pra caralho. Tem uns jeitos, uns cuspes, uns cremes. Mas é nojento pensar que o pau do outro vai sair dali cheio da sua merda. Mesmo nos casos mais dignos, você consegue imaginar Verlaine comendo Rimbaud?

Tinha 19 anos quando fiz sexo anal pela primeira vez. Namorava há pouquíssimo tempo e tinha experiência sexual quase nula. Estávamos eu e o tal namorado de semanas transando na minha então cama de solteira. Depois do sexo, deitamos de conchinha. O que eu não sabia é que o pau dele NÃO fica mole após gozar. Ele entendeu, portanto, que eu queria fazer sexo anal. Começou a se roçar em mim e eu deixei. Foi ótimo; cheguei muito perto de gozar. Ele sabia muito bem o que estava fazendo: não forçou a barra e me deixou guiar a situação.

Depois disso tive poucas experiências de sexo anal, se compararmos com a quantidade de vezes que transei. Logo depois desse namorico, namorei dois anos um cara e sempre fazíamos anal. Eu não curtia. Não chegava a achar ruim, mas também não me divertia. Ficava tão paranoica com aquela sensação de que algo errado ia acontecer assim que ele tirasse o pau de dentro de mim que não conseguia relaxar. Algum tempo mais tarde me envolvi com um cara bem mais velho (já quase quarentão, enquanto eu tinha uns 24 anos), com um pauzão grande e grosso – e com ele, sim, eu gostava. Adorava. Até o dia em que ele me machucou. Não foi de propósito (ele era bastante gentil e educado), mas cheguei a sangrar. Fiquei meio traumatizada, e ainda hoje fico com medo de me ferir de novo. Dos 27 homens com quem transei esse ano, alguns tentaram e poucos conseguiram. Acho que só o 3 “logrou êxito” na empreitada. A maioria, é verdade, não tem nem noção de como começar a fazer.

Recebo emails de vez em quando pedindo dicas de como fazer sexo anal. Não sou profissional da coisa, mas posso tentar ajudar. Fiz uma lista de 10 pseudo-dicas de como começar a brincadeira, segundo minha experiência e o feedback dos leitores. Cada um tem de achar seu jeito. Sexo anal pode ser bem gostoso.

Dica 1

Essa é a principal e que deve sempre ser observada: você deve estar quase implorando para ele te penetrar por trás. O tesão tem de ser gigantesco, se não é muito difícil relaxar. Não adianta tentar para agradar – você pode até conseguir enfiar alguma coisa, mas a garota não vai curtir (a não ser, claro, que a dor seja excitante para ela. Não é o meu caso).

 Dica 2

Lubrificação é essencial? Não diria essencial, mas ajuda muito. Essa primeira vez que fiz, por exemplo, não usamos nada. Mas o pau dele era meio pequeno e não era grossão. Pelamordedeus, não cuspam na bunda da garota. Um lubrificante custa cerca de R$ 8 e dura pra caramba. O pênis tende a “escorregar” do buraco certo, então preste atenção no que você está fazendo.

Dica 3

A melhor posição, para mim, é de lado, mas eu não sou a maior fã de ficar de quatro, também, mesmo em penetração vaginal. As mulheres geralmente gostam de “guiar” a penetração. Assim, tudo o que o homem precisa fazer é ficar lá paradão, de pau duro, e a garota vai se encaixando. Fica mais fácil do que berrar “Ai, tá doendo” a toda hora.

Dica 4 

As expressões “cagar no pau” e “passar cheque” existem por uma razão: isso acontece mesmo. Nunca rolou comigo, mas conheço relatos constrangedores disso. Por mais natural que seja, MORRO de medo de acontecer comigo. Não sei onde iria enfiar a cara. Bom, no meu cu é que não seria. Dói muito.

Dica 5

Tem como evitar o tal “passar cheque”? Não sei. Tenho amigas defensoras da lavagem intestinal, mas nunca fiz e não tenho certeza se isso é saudável. Prometo perguntar à minha médica na minha consulta do fim desse mês. Há quem seja adepto do chuveirinho do banheiro antes do sexo anal, também. Eu não faço nenhuma preparação. Se você está com vontade de fazer cocô, por favor, não invente de fazer sexo anal, né?

Dica 6

“Vou lamber, chupar e beijar o cu dela para ‘amaciar’.” Pode até funcionar com outras, amigão, mas comigo não rola. Tenho agonia de alguém lambendo meu cu, confesso. Acho que vou começar a cagar no pau já ali, e fico teeeeeeeeensa. Mas funciona com algumas meninas. Conselho: lamba, chupe e beije a parte da frente, também conhecida como clitóris, para deixar ela enlouquecida (lembra da dica 1? é preciso estar com MUITO tesão).

Dica 7

“Fico com a sensação de que vou fazer cocô durante o sexo anal. É normal?” Pense bem: aquele buraco ali é para alguma coisa sair, certo? Quando você usa sua musculatura no sentido contrário, dá uma agonia, uma sensação de que algo não está certo. Depois de um tempo, você consegue identificar que está tudo sob controle, mas no início pode ser angustiante.

Dica 8

“Por quê eles sentem tanto prazer em dar o cu e a gente não?” O prazer dos rapazes é físico por causade uma glândula que eles têm ali. Na gente, a coisa é mais psicológica – por isso é importante estar no clima para fazer anal.

 

Dica 9

Camisinha SEMPRE. Não é porque você não engravida pelo cu que não deve usar. É muito mais perigoso pegar alguma doença com sexo anal do que com vaginal. Jamais, sob hipótese alguma deixe que ele penetre você pela frente depois de ter entrado atrás. A gente aprende a se limpar no banheiro da frente pra trás, né? Pois é.

Dica 10

“Dar o cu é coisa de puta e de homem dominador.” Se você ou seu parceiro acham isso, vocês não merecem experimentar os prazeres de uma boa foda. Aliás, não saberia dizer nem o motivo pelo qual você está lendo esse blog.

E você, leitor querido, tem alguma dica para nos dar? Por falar em dar, gosta de anal? Fez, nunca fez, faz com frequência? Me conte aí. Nunca fui tão sincera em um post, seja você também nos comentários.

Compartilhar

214 pensamentos em “Caralho dói pra caralho

  1. Guria…

    Adoro teu blog e leio desde o primeiro post.E me identifiquei bastante nesse em especial.Quando fiz sexo anal pela primeira vez,tinha 17 anos – hoje tenho 21-, e tinha um casinho com um cara de 27 – que me ensinou a realmente curtir sexo,já que eu vinha de uma primeira vez péssima,traumatizante- Ele foi fundamental eu diria,pra eu me resolver nessa parte da minha vida.

    Ele pedia e eu nunca quis,até que um dia rolou o tal tesão que tu falaste no texto.E fiz.E apesar de todas essas sensações agoniantes, e também com ele me tranquilizando,fazendo bem feito, curti muito. Depois que ele se mudou pro Exterior, fiz uma ou duas vezes,mas sem aquele tesão maluco de sempre.Acho que os caras que tentaram não souberam me deixar na vontade ou eu mesma não quis mais,enfim…

    Adoro e admiro essa tua coragem de contar tuas histórias de forma aberta,vivendo tua vida,te experimentando.Coitado de quem não entende,são uns reprimidos e invejosos.

    Sou tua fã queris, beijão.

  2. Nossa devo confessar que ri bastante com seu post por ler tantas vezes cu rs acho que não estou acostumada!! Pessoalmente morro de vontade de fazer e ao mesmo tempo morro de medo da dor que posso vir a sentir, meu marido quer muito mas eu acho que ainda não estou preparada… mas adorei suas dicas se um dia decidir fazer vou segui-las!!!!!!! bjooo

  3. Oi eu sou casada a 8 anos e depois de 5 anos nos fizemos anal, meu marido é super carinho e eu confesso que gosto muito de fazer..as vezes eu mesmo que peço pra fazermos..
    Uma DICA ANTES DA PENETRAÇÃO ELE COLOCA UM OU DOIS DEDOS AI VAI RELAXANDO E QUANDO ELE COLOCA O PAU EU NEM SINTO DOR..RSRS

  4. Let, eu namoro ha cinco anos e nunca tentei… meu namorado tb nao faz questao, entao fica por isso msm. Ja tive curiosidade mas vontade acho que nao. Tb acho que pode ser meio sujo, rs. Bjs e parabens pelo post corajoso

  5. Aaah, alguém que compartilha do sentimento de não se sentir muito bem quando beijam/lambem/chupam nosso cu hahaha. Homem realmente tem mania de achar que isso vai diminuir o desconforto no anal, o que raramente funciona. Das vezes que fiz e senti prazer, foi quando o cara super se dedicou a fazer tudo no clitóris mesmo. Mas excelente post, excelentes dicas! :D

  6. Concordo plenamene com vc!
    Tem que estar muuuuuuuuuuuito excitada para rolar e ser bom.

    Uma dica simples é: Se vc acabou de se alimentar, cuidado, pode dar merda. Literalmente!

    Adoooooooooro teu blog e fiquei caçando ele na net até encontrar aqui.
    Sacanagem ele terem tirado do ar lá, sem mais nem menos.

  7. Sincero e esclarecedor!
    Compartilho da sua opinião!!!
    Estava comentando com um amigo(ex) meu esses dias mesmo… não tenho vontade mais pelo nojo e medo de cagar no pau do que pelo medo de doer
    Mais um post ótimo!!!
    To adorando vc fora do antigo site em que estava hospedada! rs

  8. então… um dedinho abre as portas pro resto todo!
    E não encano muito se vai dar merda ou não. Se o cara tá querendo, ele sabe o risco que corre. Ou deveria saber. Faço a higiene básica suuuper caprichada e deu.

  9. anal aumenta 100% o meu tesão. adoro quando ele pede, no inicio foi estranho, mas tbm não precisei de lubrificante na primeira vez. a posição que mais gosto é de bruços, com a bunda um pouco levantada, e ele adora tbm, já que tem uma boa visão do que tá acontecendo. e como a lê disse, nem adianta tentar fazer para agradar. Comprei uma ducha higienica para me preparar, mas tbm não é sempre que uso, e nem sei se faz mal. Emfim, sexo anal é bom e eu gosto.

  10. Luíza, eu também gosto de bruços. Mas eu falei do lance de estar de lado pq vc meio que controla a entrada do pênis, entende? De bruços, o cara acaba ficando mais no controle e se não for alguém com jeitinho, acaba doendo.

    Esse lance da ducha vou falar com minha médica.

    Bjo

  11. Bem,alguém com zero por cento de experiência sexual não pode opinar mto ahahaha.Mas tenho mtooooooossss amigos gays,então sempre rola uns papos de como eles se preparam p/ isso ahushusahu.Um deles vai alargando sozinho msm antes de ir p/ cama,ele põe dedo por dedo até enfiar os 5 O_o'.Outro sempre faz essas duchinhas higiênicas 3 vezes antes.
    É meio estranho de comentar sobre a vida sexual alheia e as vezes me sinto aguniada com eles(amigos gays)contando tais experiências,mas se alguém ai estiver louca de vontade,acho que vale a pena seguir algumas diquinhas de homosexuais.

  12. O medo de cagar no pau realmente fica difícil de controlar… O pau do meu namorado eh bem grosso e minha buceta eh apertadinha. Digo pra ele se contentar em me comer por trás mesmo. Será que ajuda? Rs

  13. Thais, é só fazer enema (lavagem intestinal). Na farmácia tem um produto chamado Fleet Enema, vem numa caixa estreita e alta, verde, e tem um desenho para explicar como se usa, é uma bisnaga descartável com 130 ml, com cânula retal previamente lubrificada para facilitar a penetração no ânus e permitir a introdução do líquido. Quem costuma usar o ânus como zona erógena com muita frequência, ou se como eu não gosta d gastar dinheiro usa a mangueirinha do chuveiro para injetar bastante água no intestino e depois senta no vaso sanitário e faz força como se fosse defecar. Só fazer isso umas 2 3 horas antes que limpa o intestino e você literalmente não caga no pau.

  14. Eu morro de vontade, mas não tenho coragem.. Na minha ultima transa.. estávamos no auge da transa no básico papai e mamãe.. e de repente senti algo estranho… quando dei por mim ele tinha enfiado o dedo no meu cu … fiquei um pouco chocada.. foi a primeira vez que literalmente meteram o dedo no meu cu… então entendi que ele tentaria comer meu cu. Sempre disse – do meu cu, só sai – mas confesso que sempre tive uma vontadinha la no fundo.. Só que eu me assustei com o tal do dedo no meu cu!!! Ele tentou.. e eu disse NÃO porque fiquei tensa.. e com medo.. de arrebentar minhas preguinhas… Mas não desisti da experiencia .. ainda vou dar meu cu! rsrs E realmente, tem que estar com MUITO tesão…
    Estou adorando seu blog!! Vc é muito descontraída e espontânea !! Parabéns!Beijão!

  15. Bom…eu "perdi" minha virgindade pelo cu primeiro srsr morria de medo de engravidar e aquilo me dava mto prazer,o namoro acabou e depois disso não fiz mais,até que depois de um bom tempo fiz com um namorado meu,mas não foi legal,acho q pq o pau dele não conseguia alcançar la srsrsr,tentamos em todas as posições possiveis,mas… nada…aconselho,é mto bom,mas como tudo na vida tem que praticar pra perder os medos,as sensações e poder tirar a melhor parte que é o prazer =)

  16. Este não é o meu nome, que fique claro.
    Gente, não façam nada pra limpar coisa nenhuma por dentro. Dizem que fazer a xuca dá uma certa dor, não sei. Se o cara está comendo o seu cu, ele deve saber dos possíveis efeitos colaterais. E lidar com isso. Você faz parte dessa relação sexual, certo? Ele não está batendo punheta com o seu corpo. Ou então ele procuraria uma boneca inflável ou coisas mais recentes e tecnológicas.
    A dica do dedo é válida. Mas, de novo, o cara é que tem que fazer. Colocar cinco dedos no cu antes de encontrar alguém? Jesus, o que essas pessoas têm na cabeça? Ou no cu? Não façam isso.
    Outra, a chance de passar cheque existe, mas é pequena. O pior, na verdade, é que quando você está com vontade de ir ao banheiro, ou não vai há muito tempo, você sente muita dor na barriga quando dá o cu. Por isso, o que você deve fazer antes de dar o cu é… cagar! (Pro cara e no vaso.) Simples. O momento também será seu. Não é presente pra ninguém. É um presente pra você. Porque, acreditem, doi na primeira vez, bla, meucu… é bafo.
    Usem lubrificante. Na falta, vai no cuspe mesmo. Funciona. E não deixa de ser excitante pra quem, ao contrário da Thais, não estão preocupados com isso quando sem roupa, na cama, com o cu pra cima na cara de um homem.
    Ah, é, a minha posição preferida é ajoelhado, com o tronco um pouco curvado pra frente e as mãos no colchão. Também curto por cima, eu controlo e tal. Mas nunca começo assim, pode doer se logo de cara.
    Um beijo e pau no seu cu, Letícia. Maravilhosa.

  17. Credo!!! Que nojento!!! Não curto isso aí, não. Cu não foi feito para entrar; foi feito para sair. Depois, vocês vão ficar com o cu arrombado, feito aquelas atrizes de filme porno. Cruz credo!!! Horrível!!! Tô fora!!! Se eu vejo a menina com o cu arrombado, saio fora! Nossa, que nojo!!!

  18. Lê, depois do seu e-mail eu já tinha decidido que iria tentar de novo, até me acostumar, e, agora, depois desse post eu tenho CERTEZA. Uma hora vai dar certo e vai ser bom pra quem está comigo também. Beijo.

  19. Acho que todo homem quer… Meu namorado tenta, mais acho que fico tensa e por isso nunca rolou completamente…
    Esse post foi corajoso!!!
    Parabéns!

  20. Letícia,
    Já tive de tudo, experiências traumáticas e outras bem sucedidas. Mas só pratico o sexo anal exporadicamente, agora, certas coisas mudam sabe? eu também tinha agonia de alguém me beijando/chupando por trás, mas ultimamente tive uma experiencia dessas e acabei gostando!!! Tem conceitos que a gente muda conforme a eficiência da figura com quem estamos compartilhando a cama, é muito complexo. Beijos

  21. Eu gosto de sexo anal. Só fiz com meu marido e ele sabe direitinho que eu tenho que estar super lubrificada pra rolar, o que ainda bem!, não é tão difícil. Já fiz sem estar tão afim e foi meio mecãnico, mais preocupada com o depois e esperando a pessoa sair de lá, mas quando vc ta afim vai que é uma delícia, vc goza junto, é tudo de bom. Recomendo sim, mas principalmente se estiver bem relaxada, molhada e cheia de tesão.

  22. Nossa, ri demais nesse post. É muito engraçado ver a opinião de algumas pessoas…
    Acho que antes de dizer que não gosta, tem que fazer pra ter certeza. Essa era uma coisa que eu tinha pavor quando era mais nova e via nos filmes pornô… Parecia ser horrível. Depois de perder a virgindade, fiquei na curiosidade, mas tinha em mente que seria só depois de casada, como se fosse pra ter um "diferencial".
    Aconteceu antes do esperado, com meu atual namorado. Confesso que não senti dor, aliás, perder a virgindade na frente foi bem mais dolorido. O pior é aquele receio de dar algo errado, ou aquela sensação de incômodo, como a Letícia disse.
    Realmente, tem que estar com muito tesão pra conseguir desencanar, senão vai ficar aquela coisa na cabeça de que algo vai dar errado e é capaz de dar mesmo por conta disso…

  23. Bom dia Lê.. eu ja fiz duas vezes com meu marido em 2008, tava com mto tesão e um pouco "alta" tbém… ai nunca mais fiz.. confesso que meu medo é o tal "cheque" pra que eu vote a tentar de novo.. beijos e valeu pela sincerindade no post…

  24. (In)Felizmente ainda não fiz sexo anal mas venho me preparando psicologicamente para isso. Afinal, como transexual não-operada se eu quiser transar terá de ser necessariamente assim.

    Mas eu também gostaria de aproveitar para informar a Letícia de que eu postei as suas dez dicas em meu blog, o "De Duda à Duda" (http://dedudaaduda.blogspot.com).

    E, sim, eu a-mei as dicas, assim como eu a-do-ro esse blog.

    Parabéns pelo blog e tudo de bom, Letícia.

    Beijocas.

  25. Confesso que gosto, devido à sensação diferente e ao tesão da garota. Das vezes que rolou, foi por sugestão delas. Uma das mais recentes chegava fazer carinha de insatisfeita caso não rolasse, devia ser constante com o ex-namorado. Adora, sempre com bastante lubrificante. Me surpreende que, com ela, à exceção de um dia em que estava doente, nunca "passou cheque". Me parece que ela evitar comer horas antes, mas deve haver outros cuidados.

  26. Oieeee…Só faço com meu "amante" (lembra de amar duas pessoas ao mesmo tempo?). Meu marido até tenta, mas com ele não consigo relaxar, não fico a vontade. E o segredo é realmente estar super afim.
    Letícia, não passo um dia, sem ler seu blog. Adoro..
    Bjimm

  27. é meio complicado Lê ….como ja disse sou completamente tarada amo fazer sexo de todos os jeitos, mas o anal nunca foi muito bom pra mim. Confesso que gostaria muito mas de todo esse tempo de sexo so uma vez com um ex namorado que eu consegui e foi so um pouquinho. O meu namo atual ate tenta mas acho qeu nao relaxo o bastante pra isso, não me sinto muito confortavel com algo la…mas pelos relatos dizem que é muito bom, continuo tentando….beju

  28. Ja fiz tres fezes, nao faço mais. Nao me sinto mto bem apesar de ter sentido um certo prazer.
    Na segunda fez esta embreagadissima entao pedi a meu noivo, ele fez a observação q estamos sem lubrificante, porem nao quiz saber e mandei ele continuar, nao senti nd ana hora, mas no outro dia foi pessimo. Tenho amigas que adorao, nao foi meu caso, mas valeu a experiencia. Bjo Lê.

  29. Oii Lê!!
    Este post vc escreveu pra mim né??
    E vou te contar uma novidade!! Já "comecei" o sexo anal.. não fui até os finalmentes.. mas consegui relaxar e ir um 'pouquinho'.. como eu estava meio sem jeito.. meu marido foi gentil e disse q na próx. a gnt continua…. mas é o q vc disse msm… TESÃO 110%!!!
    Gostei sabe… tinha medo d não gostar.. e num é q gostei! :D
    Amei este post.. d verdade! Era o q eu precisava ler msm.. só q.. pena q não estou com meu maridinho.. senao hj ia ter! ahahaha.. estou viajando e só vou vê-lo na próx. semana qdo voltar! Uhmm.. ae terei novidades!!! :D
    Bejinhosss…

    Ps. Adorei a história do Amor Latino! Parece coisa d filme!!!!!!

  30. Legal você ter lembrado dessa novela do C. Abreu. Essa discussão entre os dois personagens do "Pela Noite" a respeito de merda, sexo e amor são três páginas de pura obra-prima literária.

    Gosto muito de sexo anal, claro, mas às vezes me pergunto se esses buraquinhos não são um tanto superestimados. Nacho Vidal já disse que se sentia incomodado por ser obrigado a comer tantos cus em seus filmes (trampo chato, não?) e às vezes sentia falta de uma boa e velha boceta, que se adapta a um pau melhor do que qualquer coisa no mundo.

  31. Le, no meu caso, como vc, não curtia muito, tinha feito meio a contragosto, pra experimentar, mas não tinha curtido, até encontrar um escorpiano que sabe tudo!!!!(meu atual) Ele me fez ficar com tt tesão que passei a amar anal…hj em dia, não tem uma vez que nao fazemos, e chego a implorar pra ele, de brincadeirinha, é claro, pois ele é louco pra fazer tb…rsrs
    O que digo é que ele é enorme, e, gente, eu não sinto nada além de prazer e mais prazer, nada de dor nem desconforto, nem na hora, nem depois, e nada de passar cheque tb, nunca aconteceu…e se acontece alguma coisinha nesse sentido, pra isso tem a camisinha e nada de nojo, por favor, né gengte? e a intimidade??? Acho que realmente te a ver com o tesão que ele me despertou, ele nunca forçou, só me fez ter vontade,com aquele jeitinho de quem sabe das coisas, entende? Beijos
    Larissa

  32. Lê,

    adorei o post. De certa forma concordo com o Fausto e acho que o sexo anal muitas vezes é superestimado (talvez por isso que tão desejado pelos homens e tão temido pelas mulheres).

    Já fiz algumas vezes com meu namorado, senti MUITO prazer, e outras começamos e paramos, pq começou a doer bastante. Sempre usamos camisinha e pomadinhas lubrificantes 4×1 (lubrificante, anestésico, dilatador e cicatrizante) e achei que REALMENTE faz diferença se só usar lubrificante (nem cogitei não usar nada!). Estar super excitada e querendo é fundamental.

    Como dito aí em cima, eu, particularmente, prefiro de bruços, se bem que acho de 4 bem legal tbm. Não curti muito de ladinho, acho que é uma posição boa pra dormir e ficar fazendo carícia, só.

    Sobre duchinha e afins, nunca tomei nenhum remédio e fico meio em dúvida sobre a ducha anal, mas já aprendi que ter ido ao banheiro até 1 dia antes deixa tudo muito mais limpinho (e diminui a sensação estranha que a Lê falou, na dica 7).

    Ah, e pra começar, no início ele usava o dedo, depois compramos um plug anal, mas é quase a mesma coisa, então agora compramos um anel peniano que vem com uma prótese que é um pouco menor e mais fino que o dele duro, e usamos isso (sem estar acoplado, ele maneja com a mão mesmo), então ajuda bastante (não consigo ser como você que coloca logo o pau, preciso ir aos pouquinhos – ajuda a me excitar, evita a dor e faz com que aquela agonia inicial, quando dá, não esteja mais quando ele botar de fato o pau).

    Essas são as minhas experiências…

    beijo!

    • eu adoro fazer anal e fazendo uma duchinha antes e colocar um jeuzinho e pronto pode ser o cara mais pauzudo que aguento brincando adoro dar o cu cuamtos mais pauzudo melhor depois que der unhas duas tres vezes vai gostando

  33. Eu ri mais dos comentários do que do post em si. Adoro seu blog, já mostrei para algumas amigas que apenas assustadas disseram "nossa" e mais nada. São assuntos polêmicos mais naturais e reais então por que tanto pavor né? Não é porque leio e as vezes me identifico com alguma coisa que também esteja na meta dos 100 neste ano!!! Sobre o assunto em si, pra mim, o gozo sempre é mais prazeroso, mas de fato ha homens que não sabem como começar. A posição pra mim não interfere, mas sim se o cara quer comandar, ai já não flui, ou eu comando e manejo tudo, ou não eras.

  34. Tenho muita vontade de experimentar! Até agora só fizemos com o dedo e quando estava bem excitada foi muito gostoso! Meu namorado não faz questão e não tem vontade… maaaas aguardem, logo isso muda! rss.

  35. Olha Letícia, eu usei ele uma vez só por que eu costumo usar o chuveirinho, mas creio que tenha que ter moderação porque tudo que é demais faz mal… Mas na bula do remédio mesmo não diz nada de quantas vezes da pra usar, diz apenas que é contra indicado pra quem tem apendicite, colite ulcerativa, insuficiência hepática ou renal, insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão arterial, obstrução intestinal e hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

  36. Nossa, assunto bombando aqui! ahahah
    O que posso compartilhar é o que a Lê disse, exige MUITA vontade, aquele tesão de uivar pra lua até em dia de sol.. ahahha
    Quando chega esses momentos, é partir pra festa sem grilos, tudo dá certo.
    bjs

  37. Astrogildo: Atrizes porno fazem isso sempre… No começo não é uma das coisas mais legais que se sente, mas depois de um tempo você acostuma. Depois cada mulher é uma mulher, tenho amigas que não deixam o cara encostar lá, eu já não ligo, mas o cara tem que respeitar a opinião dela, já ouviu falar em First Fuck? Onde o homem introduz a mão inteira e um pedaço do braço dentro da vagina ou do anus, tem mulher que gosta disso… (cont…)

  38. (continuação..) a penetração do ânus pelo pênis é dolorosa e desconfortável, pois o esfíncter anal (músculo que controla a saída das fezes) e o reto, não são órgãos copuladores.

    A primeira vez que fiz acho que só meu marido (namorado na época) sentiu prazer rsrs eu fui começar a sentir depois da terceira vez e pra finalizar… Como você pode dizer que uma coisa é boa ou ruim se você nunca experimentou?

  39. Ei Letícia, adoro seu blog….Então vou compartilhar um pouco minha experiencia. Estou casada há sete anos, foi com meu marido que experimentei sexo anal. Te confesso que adoro e nunca tice problemas como "passar cheque" (eu não conhecia esse termo). Pra eu sentir segurança em fazer, sempre faço qdo fui ao banheiro no dia e como não uso camisinha, só faço a duchinha depois que já terminei a transa, caso contrário da dor de barriga( eu já dei), uso sempre gel lubrificante e tb, não curto esse negócio de lamber nem chupar meu **, mas adoro fazer sexo anal, desde que esteja bem segura caso contrário falo não e pronto! Mas foram os melhores orgasmos que já tive na minha vida!!!!! bjos pra vc Le!

  40. Meu primeiro anal foi aos 23 anos e foi tão surpreendentemente bom – surpreendente porque sempre ouvia minhas amigas reclamando da dor, dizendo que topavam tudo, menos isso – que entrou no meu cardápio.
    Acho que os homens também gostam muito porque tem esse mito de que as mulheres não gostam. Conseguir sexo anal com a parceira seria quase uma conquista! Penso assim porque no início meu namorado pedia pra fazer sexo anal, acho que porque nunca recusei, pelo contrário, era até oferecida nessa área, hoje ele não liga muito para o assunto.

    Sim, sim, é preciso estar com muito tesão para fazer, o prazer precisa ser muito para superar o desconforto, inclusive depois (fico uns dias sentindo a região, mas quando lembro o quanto foi bom, penso que vale o incômodo).

    Minha posição preferida: eu por cima, assim tenho todo o controle da situação e ainda mantenho o estímulo vaginal.

    Seu blog é muito bom. Leio sempre!

    Bjs

  41. Eu fui comprometida por 17 anos e meu ex marido sempre quis, mas nunca teve o jeito certo. Quando nos separamos, eu arrumei um caso que simplesmente comeu meu cu no banho usando um pouco de sabonete para lubrificar. Foi uma delicia.
    Depois disso, eu já fiz com 3 homens diferentes e sempre foi delicioso. Nunca foi planejado e a penetração acontece meio que por acaso. Agora eu gozo com sexo anal também e adoro a experiencia. Percebi que se o pau for muito grande, pra mim não dá certo. E outra, precisa estar bem duro para entrar. Nunca uso lubrificantes e não sinto dor depois. É tudo uma questão de curtir o momento e relaxar. Camisinha resolve o problema da "sujeira". Nunca encanei com isso. Se faltar lubrificação uma cuspida ajuda e não vejo mal nenhum nisso. Quando os dois estão no mesmo clima, tudo pode. Tenho muita vontade de fazer uma dupla penetração. Quem sabe um dia desses acontece…

  42. Olha, eu sempre fui do tipo que dizia: "sexo anal é coisa de viado e puta!"
    E descobri com um "lover", não só o sexo anal, mas como curtir sexo, sem ficar neurótica.
    Não vou dizer que AMOOOOOO de paixão sexo anal, pois estaria mentindo, mas já não o vejo como bicho de sete cabeças.
    Recomendo muito lubrificante, muuuuuuitooooooo tesão e algumas "dedadas", é agoniante, mas ajudam.

  43. Tô super enrolada no trabalho hoje, gente, mas estou AMANDO todos os comentários. Dei gargalhadas aqui já. Vocês são o máximo.

    Adoro!

  44. Oi Letícia
    Como todos aqui, adoro seu blog. Parabéns por sua coragem em escrever sobre suas experiências.
    Sobre o assunto da hora, eu gosto muito de sexo anal. Faço sempre com meu namorado, e nunca passei o tal "cheque". rsrs. Mas só faço quando eu quero e na hora em que eu quero, eu que tomo a iniciativa. Meu namorado adora também, mas sabe que tem que esperar o meu momento. Às vezes eu quero tanto que já começo por lá. Com jeitinho vai, e vai muito.
    Amanda

  45. Oi Leticia!!!
    Achei seu blog super didatico!!! Adorei!!! Vou acompanhar!!!
    Sobre anal: tive poucas experiências, mas a que me deu maior prazer foi com um "caso" que tinha a manha. Me deixou muito excitada e devagarzinho, começando com um dedinho a "coisa" rolou! Depois deste não obtive mais sucesso. Como você disse muitos não sabem nem como começar.
    Abraços!

  46. Acho que a pessoa que está dando o cu não pode esquecer de se curtir durante a coisa, assim frente e fundo serão melhor aproveitados.

  47. Fiz uma vez pra matar a curiosidade, minha e do meu namorado, mas nem eu nem ele curtimos, rolou uma tensão da parte dele em me machucar e minha d "passar cheque", e sim eu acabei passando… morri d vergonha, nunca mais tocamos no assunto, foi o suficiente p matar a curiosidade e decidir q tem posiçoes mto melhores e q faz feliz nao só a mim mas a ele tb.

    estou amando o blog, adoro ler suas aventuras e aprender com elas!!

  48. hahahahahahahhahahahahahahaha vou voltar pra ler novamente depois, mas por enquanto te digo que dei boas risadas com sua espontaneidade!!!!!
    Beijocas! Pati

  49. Legal o post..
    Bom eu saia com um cara que adorava um sexo anal, então sempre que dava eu liberava , mas é aquela coisa mesmo de vc estar disposta a liberar pois se não não entra ou então machuca. Comigo ele sempre foi maravihoso, nunca forçou a barra, não ia com pressa era tudo muito bom e eu gostava. O melhor de tudo era ver sua vontade em me pegar de jeito, uma delícia.
    Concordo com todas as dicas que vc colocou. pra mim a dica numero 6 que não funciona com vc , comigo funciona muito bem ..adoro lambidas beijos e chupadas la …

    o blog ta muito bom
    bjus

  50. Le, adoro dedo, lingua e pau no cu. Mas claro, se eu estiver com mto tesao. Nunca usei lubrificante, sempre me molhei mto, ai eh soh chupar direitinho e levar o caldinho da frente p/ tras. Adoro…hehe

  51. Caraca.
    O melhor post de todos. Ao menos foi o mais comentado.69 até o momento em que fui escrever.
    Ri de mais. As várias falas sobre a "cuspidinha" e sobre o "cagar no pau" foram hilárias, principalmente pq esse foi o assunto de duas amigas minhas na mesa de bar. Aliás, não é só merda que pode sair não, couve tb segundo uma amiga delas. auhauhauhauhauha

    Bom, parabéns pelo sucesso e boa sorte aí para mulherada que vai tentar.

  52. Fádel, você tá que tá, né?

    Uma amiga disse que conhece alguém que expeliu um FEIJÃO. Junta com a couve aí da sua amiga, uns torresmos e já faz uma feijuca.

    Ah, não abandone o blog. Já já tem post novo no ar. Estou escrevendo agora.

    Beijo

  53. Oi Lê! Acompanho seu blog desde o antigo endereço. Confesso que adorei as dicas! E por isso, esse é meu primeiro comentário. E espero que o primeiro de muitos!
    Descobri o sexo anal aos 19 anos e hoje, aos 22 sou grande fã. Uma dica que vi nos comentários e concordo plenamente: um dedinho antes, depois dois dedinhos. Assim eu relaxo e fico pronta pra receber o pau do querido que estiver comigo!
    Eu já fiz sem nada, se o tesão for realmente grande, não sinto necessidade de usar lubrificante.
    E eu gosto muito de beijos, chupadas e lambidas na região!
    Muito sucesso com o blog! Acompanho sempre! Beijos.

  54. Eu sempre gostei muito de sexo anal, mas meu último namorado gostava tanto que chegou num ponto que já não queria mais me penetrar na frente, só atrás… com isso, eu comecei a ficar saturada e dizia pra ele que não queria… ele achava que eu tava fazendo charme e metia com força, até eu chorar e implorar pra ele parar. Ele gozava e eu chorava… com isso, comecei a ter problemas de hemorroidas e não consegui mais fazer sexo anal… infelizmente. Eu gostava muito, até já gozei, mas não tenho conseguido mais. E de tanto fazer sexo anal, é obvio que já "caguei no pau" e sim, é MUITO constrangedor! Ainda bem que eu tinha MUITA intimidade com esse namorado e ele sabe que isso é normal.

  55. Essa vez que me machuquei foi exatamente assim! A gente sempre fazia anal e eu curtia. Aí teve uma ocasião que doeu. Eu pedi pra parar e ele achou que era charme… Também sangrei. Fiquei um tempão sem fazer…

    Mas esse problema das hemorroidas não tem jeito?

    Beijjo

  56. Olaa, minha amiga me passou seu blog que eu adoreeei ! Parabens.
    Eu dei boas gargalhadas com este post, Me identifiquei bastante com tudo que disse !

    Beeijos Camila

  57. Olá. Adorei os comentários! Levantar a questão é muito interessante. Adoro fazer sexo anal. E adoro quando minha mulher me pede. Faço com calma, sem pressa. Um cuzinho é uma fina iguaria, que se come saboreando, mas, nesse caso, ela também tem que saborear. Gozado que nas primeiras vezes que fiz eu me sentia meio mal, achando que estava fazendo algo errado com as namoradas, algo que não fazia bem a elas. Mas hoje é normal. Na verdade minha esposa é bem devassa (não no estilo Sandy), e as vezes coloco um consolo e meu pau juntos. Ela controla bastante a situação também, em qualquer posição.
    Bjs.

  58. Oi Letícia! Achei teu blog agora e comecei a ler. Vou contar minha experiência do sexo anal… Namoro há 4 anos, hoje tenho 18, fiz anal pela primeira vez quando tinha 15, várias vezes, quase sempre que a gente transava, depois acabamos e voltamos depois de alguns meses e nunca mais quis dar o cú pra ele e ele diz que eu dava sempre… realmente, eu dava e gostava, a dor no início e depois era bom. e agora não sei, mas nego sempre!!!
    gostei das tuas dicas, vou ver se sigo e quem sabe volte a praticar! hahahah

    Amei o blog! Beijos Juliana

  59. Vou me atrever a "corrigir" cada uma das suas dicas. Mas nem de longe é correção, cada um tem a sua opinião e ninguém é dono da verdade não é mesmo?

    Na verdade é um tema que eu já pensei muito, já conversei demais com amigos e amigas, mas por incrível que pareça me foge a cabeça agora todos os detalhes e todas as "verdades" que descobri, então estou usando suas dicas para me fomentar, assim vou lembrando pelo menos do que você comenta e eu comento em cima.

    Sou homem, heterossexual, adoro sexo anal (portanto adoro ativamente, digo), não curto fio terra em mime vamos lá:

    Odeio eufemismos, linguagem vagas e respostas evasivas. Desculpe se eu usar uma linguagem considerada por muito uma linguagem chula, mas prefiro que compreendam direitinho o que digo.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  60. 1-Mesmo se você não tiver MUITO afim, acho que você até consegue sim! Mas você tem que estar aberta para isso, relaxada, e digo relaxa principalmente ao pé da letra mesmo! Esfíncter relaxado! Não da pra tentar com o esfíncter fechando como se estivesse segurando pra ir ao banheiro.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  61. 2-Pra não escrever demais, apenas – permita-me discordar – lubrificante é essencial sim! Se já se conhecem e fazem sexo a anos podem uma vez ou outra tentar sem lubrificante! Mas não se traumatizem tentando anal pela primeira vez sem lubrificação.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  62. 3-Posição: Depois que conseguiu pode variar, mas até consegui penetrar e nos primeiros momentos vale mais uma posição que doa menos na penetração. Pode ser de lado, de 4 se o homem for devagar, papai mamãe (Sim! Papai mamãe pra anal sim!) e até mesmo a mulher na cama naquela posição de muçulmano rezando pra Alá. É sério, nessa posição de canela na cama, joelho dobrado, sentando no calcanhar, mas se curvando na cama meio que abraçando o joelho, essa posição contribui pra manter as nádegas afastadas e o esfíncter relaxado. Não recomendo a mulher toda deitada de bruços, pois acontece o contrário: Nádegas juntas e esfíncter contraído.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  63. 4 e 5-Higiene "interna" é muito pouco discutida, na TV nunca tratam do assunto com clareza e fica esse assunto aí cheio de mitos e lendas. A verdade é que é em mais de 95% das relações anais não se faz nenhuma limpeza prévia e nessas relações, mais de 90% delas ninguém se suja. Portanto tranquilizem-se!
    A penetração é no ânus e o pênis fica acomodado no reto. O corpo humano não acumula fezes no reto, apenas no intestino, posso falar tripa pra ser mais claro? Pois é, as fezes ficam nas tripas, e não no reto onde fica o pênis, no reto pode ter apenas PEQUENOS RESÍDUOS de fezes! Se for para sermos claros, então vamos ser claros: Se a mulher está em dias de disenteria ou se ela não faz o número 2 todo dia e faz MUITO tempo que ela não faz, aí sim ela está mais propícia a eliminar fezes na relação anal! Se sexo anal exigisse lavagem intestinal como pré requisito, o sexo anal seria inviável pessoal! O pênis costuma sair tão limpo, que casais mais íntimos e desencanados praticam oral após anal, e nem ousem ler com espanto e nojeira! Nos anos 70 os casais olhavam com espanto e nojeira para o sexo oral depois do vaginal, hoje já encaram numa boa.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  64. 6-Concordo que a mulher está muito mais receptiva ao sexo oral no clitóris do que no ânus. Onde assino? Rs.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  65. 7-Pois é! Relaxe, curta o momento e não fica neurada achando que vai fazer cocô ou que vai fazer feio. Seu parceiro está adorando.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  66. 8-Não acredito que homem possa sentir prazer “físico” com anal, sejamos francos, próstata não é clitóris!!! Até no caso dos homossexuais acho que o prazer é psicológico, é o prazer de dar prazer, é o prazer de estar ali junto de alguém que se gosta, ou que pelo menos tem atração. Por que homem adora comer um cuzinho? Não gosto desse papo de “dominação”, isso é conversa fiada, antigamente tinha sim homem machista e com a cabeça assim, hoje tem menos e esses tipos de homens não estão no nosso meio não! (Salvo raríssimas exceções.) Homem gosta de sexo anal é porque o ânus e o reto são muito mais apertadinhos, estimula mais o pênis. Então é melhor que sexo vaginal? Não digo que é melhor, é apertado, mas não é “molinho/macio” como a vagina. Apertado e folgado é uma coisa, macio e duro é outra coisa. Atenção mulheres: Vocês têm todo o direito, se não o dever, de NÃO sentirem dores no sexo anal, dispensem parceiros que não são carinhosos e que não vão com carinho nesse momento. Mas coloquem uma coisa na cabeça de vocês: Sexo anal pode ser bom pra mulher sim, mas não substitui o prazer vaginal, ânus e reto não tem clitóris, o prazer feminino no sexo anal – é sim – muito psicológico. É um prazer “diferente”, nem pior e nem melhor que o vaginal! Querem uma comparação? Não era para sentirmos prazer com o beijo, não tem nada na boca e na língua para nos dar prazer e orgasmos, no entanto a gente gosta, pelo carinho, por estar com alguém que a gente gosta ou que pelo menos sente tesão, pelo frio na barriga! Pois é! Sexo anal vai pelo mesmo caminho!

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  67. 9-Camisinha né, fazer o que? Eu não gosto de camisinha, MAS EU USO! Se o casal é fiel entre si e se não saudáveis podem fazer sexo anal sem camisinha. Vaginal e depois anal pode! Anal e depois vaginal sem o homem se limpar ou trocar a camisinha, NÃO PODE! A não ser que a mulher deseja pegar infecções, a mais comum nesse caso é a infecção urinária. Quem – com todo respeito – é promíscuo e deseja até mesmo ter 100 parceiros em um ano, tem que usar mesmo camisinha! E quem não é promíscuo TAMBÉM TEM QUE USAR! Só está dispensado o casal fiel e saudável.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  68. 10-Concordo em gênero número e grau! O casal que já se acertou no sexo anal sabe que e muito bom e sabe que volta e meia eles se pegam fazendo novamente! É freqüente, não tem nada de anormal nisso não!

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  69. 11-Dica extra para quem quer fazer anal: Podem conseguir o relaxamento e a “dilatação” com brincadeira e carícias, coloque um dedo na sua parceira, brinque bastante, depois polegar, depois 2 dedos, vá trocando os dedos, facilmente ela agüentará até 3 dedos. USE LUBRIFICANTE, eu particularmente prefiro os óleos, do que os géis. Gel normalmente “seca” e “evapora” com facilidade. Gel só tem do que esfria, do geladinho. Já óleo tem do neutro, tem o KY vermelho/ laranja que esquenta suavemente em contato com a pele, tem o KY azul que esfria, muita mulher gosta desse que esfria, é a mesma sensação da bala Halls preta. Tem pra todo gosto! O homem pode até comprar uma luva cirúrgica, toda farmácia tem isso e vende o par a granel, pois se a gente tiver com a mão muito grossa pode até machucar a mulher, emborrachado é melhor pra elas. Mulheres podem se masturbar, ou serem masturbadas, na frente enquanto são penetradas por trás. Depilação anal ajuda, não só na estética como para evitar dores para as mulheres.

    CONTINUA, Homem de BH-MG.

  70. 12-Gente, por último é o seguinte: Até beijar tem casal que não se acerta no beijo de primeira, na transa também, vai ganhando sintonia aos poucos, então no sexo anal não é diferente não hein! Se não conseguiram agora, tentem depois, e depois, e depois. Uma hora vão conseguir! Não forcem a barra como se fosse a última tentativa do mundo, terão outras oportunidades, forçar de alguma forma tem 99% de chances de dar errado e traumatiza o outro fazendo com que ele nunca mais queira tentar, ou até tenta, cada vez mais e mais tenso.

    Bom sexo anal pra vocês!

    Abraços, homem de BH-MG

  71. Homem de BH, deixa eu te perguntar uma coisa, sem rodeios, sem preconceitos: você já fez anal?

    Não, né? Então, você perde qualquer argumento. Desculpe, mas dizer que a mulher não precisa estar excitada pra fazer anal???

    Sim, a gente faz sem estar na vibe, mas doi muito e não é gostoso.

    Abraço

  72. Olá Leticia, meu comentário saiu grande, precisei dividi-lo, deu curiosidade de saber se ele foi publicado e então voltei aqui e vi sua pergunta.

    Letícia, não se prenda a uma frase solta, fora do contexto, e tampouco distorça o que alguém disse.

    Excitação é uma coisa, curiosidade é outra coisa, estar disposta a tentar pra agradar e também pra ver se é bom é outra coisa (e tem várias outras coisas)

    Resultado, a mulher pode sim tentar E CONSEGUIR sem que a excitação seja o carro chefe da noite, sem estar tão excitada…

    Quando o casal consegue entender o que significa afinal estar tenso nessa situação, entenderá que é mais importante não estar tenso que excitado.

    Você mesma disse que pode fazer sem estar totalmente na vibe, pois é, é isso que quero dizer… quanto a dor, já não é falta de excitação, excitação pode ajudar mas não é anestésico, rs

    O cuidado, o carinho, o jeitinho, o zelo, a intensidade… isso ajuda muito pra não ter dor e isso depende mais do homem agir assim e não apenas usar a mulher para seu prazer sem se preocupar se está sendo bom pra ela.

    Observação: Já fiz anal sim, com quase todas as ex namoradas e com pouquissimas das "ficantes", rs.

    Na boa, na paz, sem brigas (antes que me entenda mal) pode ate discordar de mim… mas se começou a ler, leia tudo, leia o resto, para no meio não…

    Nem sei se volto aqui… mas deixo abraços e bom sexo anal, vaginal, oral… rs

    Homem BH-MG

  73. Homem de BH, eu adoro que as pessoas venham aqui no blog e gostem (e voltem). Mas "ameaças" de "não sei se eu volto" realmente não vão me fazer mudar meu estilo. Desculpe se feri seus sentimentos.

    Eu fiz uma leitura dinâmica dos seus comentários, pois comentário não é o lugar para se "dar aula" ou escrever tanto. Se você tem tanta necessidade assim de dizer o que acha a respeito, sugiro que faça um blog. Ninguém lê comentários enormes.

    Quando perguntei se você já tinha feito sexo anal, eu me referia a você mesmo ter dado o cu (me desculpe a expressão). Porque é muito fácil falar que não doi ou que não é preciso estar excitado, se você não é o que ficou com a bunda dolorida depois.

    Ok?

  74. Gostei das dicas.
    Já fiz sexo anal algumas vezes com minha parceira. Ela realmente consegue gozar somente dando o cu. Como você disse as preliminares são fundamentais. Começamos pelos beijos quentes e chupo ela inteira. Quando ela está implorando para ser penetrada vou para o clitóris e a faço gozar umas duas veses. Só depois finalizamos com um delicioso anal. Ela fica louca e disse que eu sou muito gostoso.

  75. Debora.. eu tb faço o metodo do chuveirinho.. e é bem mais confortante em saber que ta limpo.. pq assim..literalmente vc naum caga mesmo no pau, e eu fico sempre preocupada, por isso que as vezes não curto muito, mas adoro saber que ele gosta e se deixar.. ele quer todo dia…rsrsrs

  76. Pois pra mim adianta sim ir do sexo oral para o anal. Não tenho muita experiência com sexo anal, mas mesmo quando meu namorado faz só oral ele me estimula no ânus com dedo e língua. No anal acho importante, não dá pra ir metendo o pênis direto, a própria região tem que ser estimulada. Discordando de um comentário, o que não funciona DE JEITO NENHUM é o cuspe. Acho podre em filme pornô aquela cuspição horrorosa. Além de nojento não é eficaz, porque saliva seca rapidinho. Quem disse aí em cima que funciona é homem. Pra mulher não funciona, não.

  77. Aliás, o que me impede de fazer sexo anal com frequência é o cheque, também. Me atrapalha a relaxar. Gostei do comentário da Roberta, que disse que o namorado usa aquele anel com um plugue, é isso mesmo? Eu tenho só o plugue, mas acho que esse com o anel peniano deve ser uma ótima ideia.

  78. Bom,minha mulher adora, mas é muito importante um bom lubrificante, a gente sempre tem um bom estoque de KY gel, é o melhor para isso…e tem que lubrificar o ânus antes, e colocar uma boa quantidade no pênis. Ir devagarinho , e depois colocar aos poucos, só depois movimentar mais.
    Uma posição boa é de quatro na beira da cama, com os joelhos encostando nas solas dos pés dela, depois da penetração feita, ela levanta e dá para beijar bastante o pescoço e a nuca. Deitada de bruços também é legal.

  79. Eu não uso lubrificantes, fiz sexo anal poucas vezes e amei todas. Sendo que eu sigo uma lógica, só faço se eu estiver naturalmente lubrificada de molhar tudo porque eu só fico assim quando estou no máximo do meu prazer. Se eu preciso de algo artificial para me permitir o sexo anal é porque a vontade não é tão grande assim então é melhor nem fezer. É o que funciona para mim.

    Nunca tive qualquer problema antes, durante ou depois nem fiz nenhuma preparação especial. Só transei quando estava com muita vontade. Mas essas coisas todas que falaram são válidas quando ajudam a deixar ambos mais à vontade.

    É engraçado uma pessoa(Homem BH-MG) querer dar testemunho daquilo que não fez(ser penetrado no ânus) e ainda se achar em melhores condições de dizer o que uma mulher sente ou deveria sentir ao ser penetrada. Arrogância passou por aqui.

  80. Ai, Cassia, concordo muito com os eu comentário sobre esse leitor sem noção. É um alívio quando pessoas de bom senso como você comentam por aqui.

    Beijo

  81. Cassia, a vantagem do KY é que ele é um lubrificante que deixa as coisas deslizando por mais tempo, não seca rápido como as secreções naturais. Até para massagear o clitóris é melhor, porque não precisa ficar dando aquela providencial lambida de vez em quando, aí não perde o ritmo. Experimente e compare…além do mais, o ânus não fica lubrificado quando a pessoa está excitada, só a vagina mesmo .

  82. Alerta, eu já experimentei o ky por curiosidade e outros produtos também. Não tenho nada contra, acho que serve para a maioria das mulheres. Bem, serviu para mim, só não vi necessidade em continuar usando.

    Bom.. aqui sou eu falando por mim. A umidade normal é mais cremosa e de fato seca rápido. Já quando estou com MUITO tesão(e dependendo também da época do mês) a lubrificação da vagina muda, ela fica mais viscosa, mais oleosa. É bem diferente, a cor, a textura, o cheiro. Quanto mais próxima do orgasmo mais molhada eu fico. Não seca.

    Sobre essa lubrificação ser só na vagina, isso eu já notei :)
    O que eu quis dizer é que quando estou com este tesão todo eu produzo muito líquido e ele escorre para o ânus.
    Mas isso só acontece de vez em quando. E é só aí que eu faço sexo anal e é por isso que não preciso desses produtos.

  83. Para o sexo oral, eu também acho que o homem pode se sentir mais à vontade com o lubrificante. Entendo que o cheiro e o sabor da vagina não sejam lá um chocolate.
    Bem.. eu não tive lá muita sorte neste quesito, quase todos os namorados que tive, exceto um, não gostavam de fazer oral e eu ficava sem. Eu não insisto. Se não gosta, não gosta.
    Então o uso do lubrificante me é indiferente.

  84. Corcordo TOTALMENTE com a Letícia.Pra rolar anal tem que tá louca de tesão.
    Quando tô a fim mas só afim…não rola.Entra mais não rola saca?

  85. Resumindo tudo qe esse Anonimo falou… se vc der com vontade.. vc dá com vontade .. e ao contrari do que ele disse… se a mulher estiver com muito tesao.. alem de não sentir dor.. ela tb consegue gozar sentindo prazer pelo anus.. logico qe acariciando o clitoris…]
    e tb… qdo relaxa e gosta ela dá pra caralho, sem dor e remorso…

  86. hahahahaha Morri de rir com o final da dica 4. Bem o tipo de piada que eu faria…
    Sou super a favor da lavagem intestinal. Faço até quando tô me sentindo meio 'constipada'.
    E adoro a lambidinha no cu! Adoro homem que faz isso. Mostra que ele gosta de cair de boca mesmo. NADA no mundo é mais broxante que nojinho, vamos combinar?

  87. Confesso que não ia sequer comentar, mas confesso também ter me interessado demais pelo seu blog. Mais tarde lerei com calma.
    Precisava ao menos compartilhar com você, Letícia, como as coisas aconteceram por aqui. Com minha mulher o anal funciona diferente e achei que valesse compartilhar.
    Ela não é tão nova mas tem apenas dez anos de vida sexual e me diz, do que eu não tenho porque desconfiar, que nunca havia feito anal bem sucedido antes de mim.

    Ela adora anal mas não fazemos sempre. Não consegue gozar só com ele, mas basta estarmos de lado pra mão ajudar, apesar de começarmos sempre de bruços.
    Ao contrário, ela não quer usar lubrificante em hipótese alguma, prefere que seja sem e quando eu comprei [pensando em ajudar], ela disse que o dia que precisasse significaria que naquele dia não devia fazer.
    E de fato, sempre que fizemos foi só com muito beijo, dedo e chupada, e isso a deixa no clima perfeito pra diversão.

    Morre de medo também de me sujar e por isso deixamos de fazer algumas vezes. Sempre digo que pode acontecer e seria normal, mas nunca ocorreu e ela também nunca fez lavagem antes.

    Depois de ler suas dicas e pensar nisso, vejo que pode mesmo ser muito diferente pra vocês duas e ainda assim chegarem ambas ao prazer no ato, no fim das contas.

    Gostei mesmo do blog e você ainda vai me ver por aqui.
    Abraço.

  88. Oi Letícia
    Pena que só soube do seu blog ontem pelo “escreva Lola escreva”
    Minhas 4 primeiras relações sexuais foram anais no espaço de 4 semanas. Com um primo. Nós vivíamos nos enroscando, com um tesão danado, até que um dia ele gentilmente me debruçou sobre uma mesa, arriou meu short e calcinha e penetrou. Não vi, mas acho que ele lambuzou o pinto com cuspe. Não doeu muito, não ardeu na hora, não aconteceu nada de errado. Só quando ele avançava, eu dizia ui ui ui. E ele: quer que eu pare? Eu fazia que não com a cabeça e ele avançava um pouco mais Só não gozei porque na época eu não gozava mesmo. Tinha 12 anos e ele 14. Para mim foi super importante porque passei a me sentir noutra categoria de garota. Até hoje eu não gozo só com a penetração anal. É um ritual delicioso. Tive um namorado que abusava da lubrificação. Também não achei bom. Uma camisinha pré lubrificada já resolve. Diferentemente da penetração vaginal, dar o cú tem que ser um pouco mais difícil, um pouco mais dolorido para dar aquela sensação ótima de transgreção. Hoje, quando quero, ponho um shortinho. Meu marido já sabe. Fiquei feliz também em saber que tantas mulheres perderam esse pudor bobo em relação ao sexo anal. Parabéns pelo site.

  89. Olá. Adorei o seu blog. Sou gay e acho que posso ajudar nesse quesito. Dar o cu sem passar cheque é fácil, é só fazer uma lavagemn intestinal, a famosa chuca. No banheiro, utilize o chuveirinho, tire aquela ponta e deixe só a mangueirinha, enfie lá e deixe entrar bastante água, depois é só fazer a força do coco e a água suja desce. Faça isso umas 3 vezes e fique pronta para o sexo anal limpinho.

  90. Leticia,

    eu adoro sexo anal, de verdade, gosto muito da sensação que dá e na maioria das vezes gozo só com a penetração anal e MUITO RÁPIDO.
    Faço desde os 16 anos e teve uma época em que eu preteria o vaginal pelo anal. Adoro brincadeiras com dedos e objetos em geral.
    Uma das minha posições preferidas é ajoelhada.
    Outra é deitada com um travesseiro embaixo da barriga.
    Só tiveram duas vezes que pra mim foi ruim: Uma em que o cara usou sabão pra lubrificar e ardeu muito e outra que prefiro não comentar.

    o negócio é estar aberta para isso, relaxar, curtir.

    beijos

  91. Ola Leticia e todos que passaram por aqui!

    Gostei da sua abordagem sobre o assunto e tbm pela participação de várias mulheres que assumem desde a vontade, porém com medo, até o tesão e liberação de uso indiscriminado do sexo anal.

    Sou homem hetero casado e sempre tive tesão pelo sexo anal, mas só fui experimentar com uma ex-namorada-esposa que já tinha experimentado e me ofertou a oportunidade. Adorei aquilo e realmente tivemos ótimos momentos pois ela curtia e gozava deliciosamente no sexo anal.

    Com minha atual esposa somente rola qdo ela está no ritmo descrito por vcs.. muito excitada.
    Como ela mesma diz: deve ser feito em ocasiões especiais e não sempre.

    Adoro fazer brincadeiras com os dedos e lingua pra estimular, mas fico somente na portinha.

    Muitas vezes ela fica excitada, mas ficamos somente no vaginal mesmo.

    Enfim, parabens pelo blog e espero que possa ajudar muitas mulheres e homens a se curtir com respeito e tesão.

    Marco.

  92. Eu adoooro! Sou mulher, e gosto de ir deslizando no pau dele enquanto ele esta deitado, de barriga pra cima! é muito bom! Depois que já entrou, deito por cima e me esfrego nele até gozar! É um gozo louco, diferente daquele com penetração vaginal! Mas o melhor é colocar um vibrador na frente, o pau no cu e outro vibrador no cu dele! a gente fica louco!

  93. com minha primeira mulher foram mais de 10 anos de pratica constante. Portanto,sei como funciona. Mas cominha segunda mulher, nao tem jeito. e pior de tudo e que ela diz que deixa, maas na hora H manda parar, ou deixa acontecer uma vez e depois trava de novo. Nao sei mais o que fazer. se puder me mandar algum material pra eu mostrar pra ela, po favor.

  94. Letícia, faço sexo anal com frequencia com meu marido e pras amigas íntimas tenho 2 dicas que vc ainda não postou e não achei nos comentários:
    1. A vagina"laceia" melhor ao formado do pênis, mas o ânus não. Tem que ver que não é só a rodinha, depois dela o intestino vai pra algum lugar. É importante que o pênis e esteja indo tbem no mesmo sentido. Se tentar no sentido contrário vai doer bem mais.
    2. Anestésico. Não é lubrificante, que tbem pode ser útil, mas anetésico mesmo. Compra em casas especializadas, passa um pouquinho antes massageando e a entrada inicial vai ser mais tranquila.
    Vale a pena pra quem está começando e aproveitem que como disseram vários, com prática vai ficando bom mesmo!!!

  95. Muito legal seu post!

    Meu namorado tb tem a mania de querer lamber meu cú, mas ODEIO isso, queria ver se eu lambesse o dele e depois desse um beijo na boca, que delicia não?! Não deixo de jeito nenhum!!!

  96. Eu uso a técnica dos 5 passos do sexo anal para iniciantes (criada por mim). As regras:
    1- CURIOSODADE: É preciso que a parceira tenha CURIOSIDADE. Vontade é pra algo que você já provou, gostou e quer repetir. A parceira te que ter muita CURIOSIDADE;
    2- LUBRIFICANTE:Use e abuse dele. O KY é o cara;
    3- MASSAGEM: Você sabe como massagear um cuzinho e deixá-lo com a musculatura relaxada? Sabia ao menos que tem um músculo lá???
    4- POSIÇÃO: A melhor para iniciantes é a CONCHINHA. O homem consegue manobrar não só a penetração como acariciar todas as partes do corpo da mulher;
    5- PENETRAÇÃO: Pra mim a mais importante: a MULHER deve ditar o ritmo. O homem só fica de pau duro e esperando o cuzinho ir bem devagar até penetrar.
    Um abraço,

    Fábio Júnior
    Manaus – AM

  97. Oi Le,

    Nossa como me identifiquei com seu blog! Descobri que não sou um ET!
    Amo sexo e amo curtir pessoas diferentes…não é promiscuidade mas acho que existem pessoas mais sexuais que outras, só isso!
    Então, apesar de ja ter tido vários parceiros, tentei muitas vezes o anal…e nunca tive sucesso!
    Uns não tem o menor jeito pra coisa…chega a dar vontade de socar a cara do infeliz…outros sabiam muito bem o que estavam fazendo, mas mesmo assim não rolou…
    Esses com um pouco mais de experiencia disseram que o meu cu é muito apertado…sei lá se existe isso…rs
    Enfim, ainda tenho esperanças de conseguir e principalmente de gostar!
    Parabens pelo blog!

  98. Bom, é minha primeira vez no teu blog, nao deixei nenhum outro comentario mas nesse post tu pediu com sinceridade e eu resolvi deixar minha experiencia, tive apenas dois homens na minha cama, namorados, eu curto mto sexo, selvagem me deixa louca, e é no anal que tenho meus melhores orgasmos, por mim eu faria todos os dias, as vezes nao libero pra ficar aquela vontade pro dia seguinte, nunca fui apta a lavagem nenhuma, o prazer é tao grande q nunca senti medo q algo acontecesse. Para as inexperientes eu digo, se tiverem loucas de vontade nao percam tempo pq é maravilhoso. mas só façam quando tiverem certeza que querem, e para isso o parceiro tem q ajudar mas antes vcs tbm precisam se conhecer para dar aquela maozinha, vao fundo ;). ADOREI O BOLG. PARABENS!

  99. Oi seu blog é muito bom, estou casada há um mês mas nosso relacionamento já passa dos seis anos juntos, meu marido quer muito que eu faça sexo anal com ele, mas tenho medo, qnd decidir vou usar as suas dicas…
    o que eu posso fazer pra tirar esse medo de mim???

  100. Camila
    Lê, eu adoro anal e faço sempre. Na verdade até prefiro. No meu caso o prazer é mais intenso.
    Outra coisa, não gosto de lubrificante, porque deixa o pau deslizando muito fácil e acabo perdendo o controle e um pouco do tato. O legal é o lubrificante da camisinha que já vem na medida certa.

  101. Eu amooo. Tenho meus melhores orgasmos são dando o cú. No começo realmente foi difícil, mas depois acostumei. Percam o medo, evitem o preconceito e vivam a vida!

  102. Oiiii,essa é a primeira vez que estou vendo seu blog, PARABÉNS, vc vai uma coisa que eu acho q a maioria das mulheres tem vontade de fazer, dar pra um monte de cara, tervárias experiencias sexuais e ainda por cima compartilhar com todos, sem medo de ser feliz, e adorei seu post sobre dar o cu, confesso a vc que eu não gostava, tinha feito umas duas vezes com um ex-namorado, mas nunca havia sentido prazer, mas depois que comecei a sair com um cara casado, e foi com ele que comecei a me conhecer, aprendi a gozar…enfim com ele eu descobri o que realmente é fazer sexo, e depois de todas as loucuras que havíamos ele me disse que nunca tinha comido um cu, nossa…qdo ele me disse isso, parece que algo me possuiu e eu senti um desejo enorme de dar pra ele, foi bom, doeu um poko, doeu muito na verdade pq o pau dele além de grande é grosso, e o pior de tudo foi aquela sensação de q a qq momento eu ia defecar nele, mas enfim, ele amou, nosso ficou doido, e agora toda vez ele quer, e agora eu tb peguei o gosto pela coisa, toda transa tem que rolar um sexo anal, senão parece que ficou faltando algo, uma dica pra quem quer sentir esse prazer exótico, o cara tem que ir massageando e penetrando aos poucos, quando ele penetrar a mulher tem q começar a estimular seu clitóris, vc vai perceber que o musculo anal ele relaxa, aí é só correr pro abraço e gozar junto com ele, e quando vc goza com penetração anal, parece que é muito mais intenso do que o normal, é surreal.

    bjs

  103. Letícia
    Conheci hoje seu blog através da matéria da globo .
    Achei muito interessante pq uma antiga parceira minha tbm narrava em um blog suas experiencias , com a diferença q ela cobrava pelo sexo , apesar de não ser prostituta , ser paga a excitava mais ainda .
    Acho q cada tem o direito de fazer o q deseja em sua vida particular , e vamos combinar , nada mais particular do q sexo , senão faríamos em plena rua como cães e gatos .
    A coisa q mais me excita numa relação sexual é saber q estou dando prazer à minha parceira . Então no caso do anal é óbvio pra mim q tudo deve ser conduzido pela parte passiva , já q a possibilidade de sentir dor a ponto de anular o prazer é muito grande …
    Qto a "cagar no pau" , todo mundo sabe o q sai dali , então nada mais natural q possa haver algum "comprometimento higiênico" durante a relação anal , portanto seu medo não faz sentido , quem brinca com fogo sabe muito bem q pode se queimar , então no meu caso pelo menos não haveria nenhum tipo de constrangimento em caso de alguma surpresa ocorrer …
    Ainda não tive tempo de ler muita coisa , mas gostei bastante e vou passar a acompanhar seu blog .
    Como todos ou pelo menos a maioria dos presentes aqui , confesso q fiquei bastante interessado em fazer parte dessa sua "experiência" , portanto vou deixar meu email e msn nessa mensagem para , caso vc se interesse , passemos a nos corresponder par nos conhecermos melhor e aí quem sabe …
    Se vc se interessar e/ou tiver tempo , me escreva q eu te conto mais sobre quem e como sou .
    Bjos e parabéns pela iniciativa
    Fcam
    fcam20@hotmail.com
    (é meu msn e email tbm ok ?)

  104. Esse negócio de usar anestésico me é estranho. Se a mulher precisa disso é porque está doendo e se está doendo é um bom indício de que não deveria fazer naquele momento pois não está relaxada o suficiente e pode machucar causando infecções. Sexo anal não deveria ser tratado como sexo vaginal. Ânus não foi feito para isso, nem atrizes pornôs e prostitutas fazem com essa frequência toda e se espera hoje em dia que namoradas e esposas o faça. Entendo que algumas prefiram o anestésico no início para se "acostumarem" mas começar passando por cima da dor não me parece muito sensato, ainda mais no ânus que é uma região extremamente delicada. A sensação desagradável é importante mecanismo para nos dizer que tem alguma coisa errada acontecendo, o corpo sempre dá indícios quando precisa ser "ouvido" e respeitado. Convém prestar atenção.

    É preciso saber dosar e não ir na onda pseudo-moderninha de revista Nova e afins que parece tão legal e descolada no início mas acaba te levando a fazer coisas que não são boas para a sua saúde. Acho melhor ir com calma e resolver primeiro aquilo que te faz desconfortável a ponto de ser preciso usar um bloqueador para dor. Quando há muito tesão, relaxamento e é feito com cuidado, sexo anal não dói.

  105. Lê, fui apresentada ao seu blog hoje e estou amando! Já fiz sim, me iniciei com quem hoje é meu atual marido, antes eu adorava na época tava dando direto, ai rolou de me machucar sangrou fiquei c trauma. Tem pouco tempo que voltei a liberar o cuzinhoe já fiz aquela lavagem do chuveirinho, fiquei bem mais confiante com ela, mas confesso que não sei se faz algum mal…Lê estou me familiarizando ainda com esse coisa de blog, não consigo achar seu e-mail…

    • Sou casada a 15 anos e só fazia o papai mamãe com meu marido. Não deu outra, a coisa começou a esfriar e as vezes passava quase um mês sem nada. Um dia conversamos muito e ele me disse que queria fazer tudo comigo. Como não sou burra, topei na hora. Começamos a fazer sexo oral e adoramos. Disse pra ele que queria experimentar o anal. Nas 3 primeiras vezes senti medo de passar o cheque, mas depois comecei a fazer a tal chuca na hora do banho e tudo sempre deu certo. Ele sempre foi muito carinhoso e nunca me machucou, e olha que fazemos anal quase todos os dias nos últimos 5 anos e é uma delicia.

  106. Olá. eu estava procurando ñ me lembro mais oq no google e achei seu blog sem querer. adorei.
    qt ao sexo anal, eu adoro, mas dói demaissssss. concordo com a dica 2 em relação ao cuspe. concordo com a dica 3, sobre a posição. qt a dica 4, tb morro de medo de "cagar no pau".. rsrsrs. ao contrario de vc, adoro q lambam meu buraquinho, me dá mais tesão, mas isso é de cada um.
    adorei e espero q consiga seu objetivo. sou escorpiana tb e entendo muito bem seu lado quente….kkkkk
    abraços e foi um prazer conhecer seu blog.

  107. Bom tenho que confessar que apesar de ter problemas de sangramento as vezes por conta de outros problemas adoro fazer anal, meu noivo vivia pedindo mas por conta dos problemas eu nunca deixava até que um belo dia ele me pediu taantooo que eu não resisti (mas eu semprei quis)ai eu começou pedindo só pra fazer carinho com o dedo, ai ele foi acariciando até sentir que eu tava relaxando,ai ele me pediu pra eu deixar ele colocar 1 dedo, ai eu fui deixando foi 1, depois 2 e enfim 3 e eu ja tava delirando
    (sem lubrificante) ai eu fique de quatro e implorei pra ele colocar o pau dele dentro. Foi muito bom e eu gozei. Depois disso a gente sempre praatica, é no quarto dele, no motel, na sala da minha casa, e melhor é quando ele começa chupando o cuzinho. Meninas experimentem eu recomendo.

  108. sou gay,mas tive minha 1 relaçao sexual somente aos 27 anos,no começo e dificil incomoda,ate aprender,depois que se aprende e otimo gozar dando o cu,tenhos algumas dicas pra quem estiver afim,a 1 e vc comandar a entrada do penis e assim vc comanda a dor inicial,uma otima posiçao pra isso e o homem deitado e vc vai sentando emcima,antes disso lubrificante no penis e no cu,se nao no outro dia vc vai ter a sensaçao de cagar gilete,e outra dica e a ducha pra nao cagar o pau rs rs,sempre faço e nunca tive problemas com isso,tanto faço com frasco de desodorante lavado,ou com a ducha do banheiro mesmo,boa sorte pra quem for tentar adorooo gozar com um pau no meu cu.

  109. OI LETÍCIA, ATRAVÉS DA MATÉRIA NO GLOBO.COM CHEGUEI ATÉ ESSE BLOG QUE REALMENTE MERECE DESTAQUE PELO SIMPLES FATO DE SER AUTÊNTICO. EM RELAÇÃO AO SEXO ANAL, EU ENQUANTO PRATICANTE ASSÍDUO, DAREI O MEU COMENTÁRIO. SOU BISSEXUAL E CURTO SEXO ANAL DA FORMA ATIVA OU PASSAVIA. MEUS AMIGOS GAYS NÃO ME ENTENDEM, MINHAS AMIGAS HÉTERO ME QUEREM (SEM HUMILDADE..RSRS).O QUE OCORRE COM A MAIORIA DOS HOMENS É QUE APRENDEM A FAZER SEXO ANAL, GERALMENTE, ATRAVÉS DE VÍDEOS PORNÔS E QUEREM FAZER O MESMO COM AGENTE. O MELHOR A SE FAZER É ENCONTRAR A POSIÇÃO QUE MENOS LHE DEIXA DESCONFORTÁVEL. NO MEU CASO NÃO USO LUBRIFICANTE QUNADO ESTOU SENDO PASSIVO, COMO SEMPRE FICO NO CONTROLE, NA HORA "H" ESTOU BEM RELAXADO, MAS É VÁLIDO PARA QUEM NÃO CURTE UM CERTO TIPO DE DOR. NO CASO DE HOMEM COM HOMEM, O ATIVO TEM SEMPRE QUE ESTIMULAR O PARCEIRO ATRAVÉS DE TOQUES, SUSSURROS NO OUVID, LÁBIOS NA COSTAS. NO CASO DE HOMEM COM MULHER, A MASTURBAÇÃO DE SEU CLITÓRIS É FUNDAMENTAL, MAS NÃO SE ESQUEÇA DE QUE ATÉ NISSO, DEVE HAVER UM TOQUE DELICADO E NÃO O QUE ACOSTUMAVOS VER NOS FILMES SUPRACITADOS. ABRAÇOS A TODOS. WALLY.

  110. Oi Leticia…adoro todos seus posts e me identifico com tudo, principalmente sobre o que falou de sexo anal. Fiz a primeira vez com 19 anos…na primeira vez não foi nada de extremo, mas também nenhum bicho de sete cabeças como falam. Aos poucos fui descobrindo o quanto é prazeroso…gozo muito mais rápido com o sexo anal. Faço ao menos 3 vezes na semana com meu namorado (anal)
    Dicas(quase uma confirmação das já postadas pela Lê):
    -de ladinho, pra quem nunca fez, é uma boa maneira de começar…
    -nunca faça se tiver comido muita porcaria ou estiver com dor de barriga, pode literalmente dar vontade de cagar, como diz a Lê..Comigo tbm nunca aconteceu, mas evito fazer nessas condições pois o sexo tem que ser confortável..
    -Aproveite, os homens possuem um tesão loucooo em comer sua bunda e isso transmite a vc…
    -Passe lubrificante para entrar, mas não com anestésico..pode simplesmente te privar de qualquer sensação boa,
    -Não enfie de uma vez o pênis no seu cu, vá com calma…Há sim um lugarzinho que ao cutucá-lo pode ser muito doloroso..Então, ao menos para penetrar, enfie com cuidado até que ele se encaixe perfeitamente, e depois pode quebrar tudo…
    É isso… desculpe o palavreado, a Leticia me deixou a vontade para falar dessa forma…
    Tudo de bom e gozem bastante…através do anal!!!

  111. gosto tanto… eu que quis a primeira vez. praticamente insisti. moça de família, sabe? odeio dedos. adoro o pau logo. mas eu gosto de beijo "lá"… acho que a única dica que eu daria, além da lubrificação (apesar de já ter feito sem… hahaha), seria de deixar a primeira entrada ser controlada pela mulher. depois, tudo festa. nunca senti dor e adoro muito mesmo. mas "cú", com acento… eu não daria.

  112. Sou louco pra fazer, mas ainda não encontrei uma mulher que deixasse, elas até tentaram, mas sempre pedem para parar pq está doendo.
    Eu sou destes que gosta de chupar a mulher toda, inclusive o cú delas, amo um 69, adoro quando a mulher senta na minha cara e rebola… rsrs… Mas estou casado agora e ela não gosta muito de ser chupada, ela é tímida de mais, já conversamos sobre isso mas não tem jeito, então o que eu faço é ficar beijando a bunda dela, dando mordidinhas eqto masturbo ela…
    Eu não faço questão do sexo anal, por isso não me importo muito, ela não gosta, mas em compesação, sexo oral ela adora fazer e eu amo receber, então o anal passa despercebido por causa do oral… rsrs

  113. Olá Leticia comecei a ler seu blog desde o inicio e só agora resolvi comentar por que deste assunto tenho muitaaa experiência!!!Sempre namorei com cara maisss velhos e perdi minha virgindade aos 15 anos (muitooo cedo mesmo, mas não me arrependo)e um pouco depois ainda com a mesma idade fiz sexo anal.Confesso que na primeira vez doeu, mas o cara era tão bom que soube fazer do jeito certo.Ele me estimulou no clitóris e eu consegui sentir prazer ainda na primeira vez.É claro que nem tudo é prefeito e tive uns caras com quem fiz sexo anal que acabaram com o lado bom da coisa.Teve um cara que cuspiu pra lubrificar(isso realmente acaba com o tesão),teve cara que achou q só ele tinha prazer assim e não se importou com o meu,teve cara que depois do anal quis colocar na buceta(isso não é bom mesmo,questão de higiêne),etc…Mas vou dizer como fazer do meu jeito:1ºSÓ FAÇA SE VC REALMENTE QUISER E COM O CARA QUE SEJA BOM DE SEXO(se o cara não faz o sexo normal bom não adianta q não vai ser no anal q ele vai fazer)2º No banho mesmo vc pode usar o chuveirinho pra limpar a area antes do ato isso ajuda a se sentir mais segura 3º quando vc estiver no sexo msmo e sentir vontade de fazer o anal peça isso da um tesão não só nele mas em vc tmbm(funciona comigo) 4º Se ele não estimular seu clitóris vc mesmo pode fazer isso ajuda a relaxar e da muito prazer tmbm 5º O resto é com vc e o cara msmo. Já gozei muitooo assim e adoro anal,adoro sentir as bolas do cara baterem na minha buceta na hora do sexo! Mas posso dizer q o que te faz gostar do anal é a sua vontade e claro com quem vc faz!

  114. Oi Le!!

    primeiro queria dizer que estou amando seu blog.
    com relação ao assunto sexo anal, queria dizer que eu amo.
    o primeiro e único cara que comeu meu cú foi meu marido. (e come até hj) rsrsrsrs
    adoro! faço parte daquela estatística: mulher que goza mais fácil fazendo anal.
    enquanto ele me come, toco uma siririca e vou às nuvens.

    aliás, meu marido tirou a sorte grande. sou uma puta na cama! amo chupar o pau dele, adoro um pornô, gosto de ser chamada de vagabunda, de vez em quando curto levar uns tapas…. enfim, nos damos super bem na cama.

    tem uma coisa que não fiz mas morro de vontade de fazer: menage. mas teria que ser com uma mulher. tenho vontade de transar com uma.
    mas nunca falei abertamente sobre isso com ele. não sei. talvez um dia fale.

    é isso.

    assim como vc, amo sexo.
    te admiro por não ser hipócrita e falar tão abertamente sobre uma coisa que é tão natural e normal: o sexo.

    bjus

    Lelê

  115. Oi linda sou nova no seu blog, conheci o seu blog pq estava lendo uma reportagem na playboy sim rs… sou mulher hetero e gosto da playboy acho normal ver mulher nua e tudo referente a sexo…. E passei para dizer que quem quiser me add no msn a Le passa meu msn…. adorei o seu blog linda…. adoreiiiii a e sou igual a vc rs….

  116. sinceridade é comigo mesmo ;)

    Não tenho certeza se realmente o homem curte mais insercoes anais do que a mulher. Ja conheci 3 mulheres que alegavam ter mais prazer com sexo anal do que vaginal. Assim como ja conheci mulheres que tinham orgasmos alucinantes *só com anal*, sem estimulação no clitóris, provavelmente um orgasmo mais psicológico. Tambem fico encucado porque na maioria dos filmes gays, o cara perde a ereção quando é penetrado.. Não sei o motivo, pq tenho experiencia só como ativo. Mas concordo que a maioria dos caras caras curte um carinho na regiao, na parte externa, assim como é muito mais comum homens com tesao em receber carinho nos pés do que mulheres. Curioso!
    Se o homem geralmente perde a ereção com uma penetracao profunda, a mulher experiente sabe que um dedinho no ponto certo pode dar a ele um tipo diferente de ereção, bombeando sangue diretamente pra cabeça do pau (fazendo só a cabeça crescer mais), o que pode gerar sensações bem interessantes pra mulher que tem a manha de fazer um fio terra bem colocado.

    Acho válido se “profissionalizar” na coisa, passando a fazer ducha anal, que nao oferece nenhum risco a saude, desde que nao seja feita todo dia. O psicologico relaxa bem mais.

    Outra dica boa é o plug anal. Ao contrario do que disse um leitor, nao “dá no mesmo” que um dedo. O plugue voce deixa la, pois a funcao dele é relaxar o segundo esfincter, que é involuntario (o primeiro, externo, é voluntario). Voce “esquece” ele la e vai se divertindo de outras formas. Inclusive o sexo vaginal fica bem interessante, pros dois, com aquele voluminho do plug encaixado lá.

    Mas devo confessar que tenho um preconceito: acho que um homem que se excita muito mais com anal do que vaginal tem tendencias a subjugar a mulher. Mas aí cada um vai encaixar as suas proprias peças no quebra cabeças e ver se isso faz algum sentido.

  117. DICA: use um brinquedinho ou peça para ele fazer uma estimulação com o dedo no clitórios durante o anal. Ajuda MUITO a relaxar. O anal perde o “excesso de atenção” e a sensção é dupla!

  118. Como é reconfortante saber que existe uma mulher além de mim que curte o sexo anal! Comentei com algumas, raras, amigas que praticava tal modalidade e via caras feias, bocas abertas, e críticas (Nem dá para acreditar que isso ainda rola). Mas faço isso há alguns anos, e descobri uma maneira interessante, um tanto quanto selvagem (Eu acho e adoro) de ter e dar prazer. Meu marido adora, eu também e nossa relação/ralação ficou muito melhor. Sexo anal, eu faço e recomendo!!!

  119. Tô adorando ler os posts e comentar….
    Tô me achando uma E.T! Eu tenho o maior tesao em sexo anal NUNCA usei lubrificante, plugs, anestesicos …Quem tem amigos gays, são os mais indicados, para darem dicas! Com eles aprendi a fazer a duchinha, nao a mal algum, ate porque a limpeza nao é taooo interna, ela limpa somente o final! E agua nunca vi matar ninguem ( rsrsrs)
    Engraçado, eu gosto de fazer beijo grego, mais tbem nao gosto de receber..rsrsr
    Tive um grande professor, homem que é homem , nao liga se voce “passar cheque”, as vezes o tesao é tão grande que nao dá pra voce se preparar antes…O BOM mesmo é ter intimidade com seu parceiro.

    Beijosss

  120. olha , sou casada há 19 anos e agora gostaria muito de experimentar o sexo anal. Mais meu marido é super bem dotado: 23 cm e o muito grosso. Já gastei vários lubrificantes, anestesicos e ainda não conseguimos, dói muito só de tentar entrar. Acho que fico muito tensa, com muito medo de sentir dor. Por um acaso vocês podem me ajudar, me dizendo se existe algum lubrificante mais eficaz e dilatador? por favor me ajudem, eu quero muito e ele tbem, acredito que deve ser muito , mais muito gostoso depois que acontece. bjinhos.

  121. Olha, eu namorei 1 ano e 4 meses com um cara, e nunca tive coragem de pedir pra fazer um fio-terra, mas sempre tive vontade. Um belo dia eu perdi o medo e pedi, e ele deixou apenas eu passar a língua. Ele gostou tanto que toda as vezes que iríamos transar ele pedia! Depois comecei a ficar com um cara casado, e pedi pra fazer o tal fio-terra. E não é que ele deixou? Passei a língua, introduzi o dedo e ele chegou ao orgasmo de uma forma alucinante. Depois disso ele tbm pedia todas as vezes, e pra falar a verdade, eu adorava, pois a sensação de ver um homem chegar ao orgasmo virando “mulherzinha” é delirante. Sem contar que a aceitação do homem em relação ao fio-terra significa confiança na parceira… Eu adoro anal tbm, então sempre que vou transar me entrego totalmente e peço a total entrega do parceiro tbm!

    • Eu tenho vontade, porem não conheço mulher que não tenha preconceito a ponto de fazer e não pensar “que viadinho” .. todas que conheci até hoje antes mesmo de pensar em sexo já deixam claro suas opiniões “tradicionalistas”. E se eu perguntar o que acham, ai estraga tudo pra sempre.. por isso deixo esse papo pra lá. Mas queria encontrar alguem assim.

  122. , quando vou dá o cú , doi muito parece que eu vou fazer coisa errada tipo ” Cagar no pau ” , tenho medo que isso aconteça , doi demais e eu acho que meu marido , não está mais satisfeito só com a frente , oque faço gente me ajuda

  123. Higiene é fundamental. Nunca deixe de fazer a chuca. Importante: As fezes são altamente abrasivas, se no melhor da festa você ou ele perceberem que sujou, pare imediatamente e vá se lavar, se forem continuar troquem a camisinha. Há casos de a musculatura interna ser esfolada e causar uma brutal infecção com muita dor na hora de evacuar e tendo que tomar antibióticos. É muito mais fácil fazer a chuca e não comer nas últimas três horas.

  124. Pessoal, tenho uma dúvida:
    Eu comprei um plugue, de 11cm de comprimento, cuja parte mais grossa tem 4cm de diâmetro.
    Quando vou usá-lo, mesmo com ele todo dentro, ele não fica fixo no lugar, fica saindo…Como se o ânus tentasse expulsar. O que está acontecendo?
    Alguém sabe me dizer?

      • Faço anal há anos, mas é o primeiro plug que uso. Se não fico lá com a mão, impedindo, ele sai. Escorrega com rapidez pra fora.
        Já tentei mais lubrificado, e menos lubrificado; colocando todo mais rápido, e indo mais aos poucos. Cheguei até a cogitar que talvez o esfíncter, não completamente relaxado, se contraísse, provocando a saída (expulsão) do plug; mas mesmo mantendo dentro por bastante tempo- suficiente pro relaxamento do ânus- ele continua “me escapando”. Não sinto qualquer dor ou desconforto, o plug só entra inteiro, e assim que solto, ele pula fora.

  125. eu faço sexo anal, e morro de medo de passar o cheque, mas sempre que vou fazer eu uso o chuveirinho, que até agora vem funcionando, nada desagradável aconteceu… Por isso sou adepta do chuveirinho, claro é bom fazer entre 1 hora ou 30 minutos antes de praticar o ato sexual. Mas a dor é no começo, depois vai acostumando e fica bem bom :D

    • Mel o seu brinquedinho não para pois o formato dele é cônico portanto expulsivo, se o formato dele fosse ao contrário com certesa vc teria dificuldade em retiralo, porém ele entraria fazendo um estrago. Este brinquedo foi feito para vc enfiar segurando ou enfiar até passar pela parte mais grossa caindo novamente na parte fina que é o cabo

  126. Bem legal e acho importante outros homens lerem esse posto, mais eu tenho um problema pois não e qualquer mulher que quer fazer comigo, pois além de grande e grosso, mais as que fizeram adoraram pois como elas dizem a sensação de sentir algo enorme dentro delas e Otima, mais e lógica que tudo repente da maneira e de saber fazer… Agora imagina sentir algo de 24 cm por 15 de diâmetro só para ter uma ideia pegue o tolinho do papel higiénico ele não cabe e vc terá uma ideia de como vai ficar.

  127. Sou casada, 26 anos e desde os 13 ou 14 faço sim sexo anal, o q aprendi com as colegas da época q ja faziam e falavam maravilhas a respeito a ponto de me deixar curiosa.Nas primeiras vezes foi, digamos, horrivel. Doeu muito fiquei ardida e dava a impressão de estar toda cortada! As amigas me ensinaram um creme “mágico” e dias depois lá estava euzinha fazendo outra vez mas aí sim foi legal, macio gostoso e iincrivelmente prazeiroso. Meu marido tem tipo assim SGG sabem? Enorme mesmo e fazemos umas 4 vezes por semana e as vezes até mais variando sempre de posição o q me leva a ter orgasmos intensos duradouros e seguidos.Algo começa a me tomar o corpo pelos pés subindo pelas pernas invadindo todo o meu ser a respiração fica ofegante, pulsação cardiaca acelerada e em alguns momentos perco a noção de raciocionio logico sinto vontade forte de gritar morder os travesseiros……uma verdadeira viagem ao mundo paralelo do prazer infinitamente gratificante quando chego, acho, quase a beira da loucura rsrsrsr. Isso tudo claro acompanhado de caricias nos seios beijos molhados no pescoço e massagens vigorosas no clitoriis enquanto rebolo feito maluca com aquele mastro enorme e extremamente groso todo plantado no meu cu q pisca delirantemente, apertando e querendo sempre mais e mais estocadas fortes e masculas. 0 climas maior acontece quando ele explode de prazer dentro do meu bumbum enchendo-o com seu leitinho quente abundante e maravilhoso. Nosssssssssa! E ainda tem aquelas q dizem ñ gostar. Eu hein? Tenho um sonho secreto que é fazer dupla penetração sabem? Uma amiga fez e amou, disse ser o máximo e tenho o maior tesão, mas nem ouso falar isso pra ele. Só que estou com alguns planos em mente, conversei com essa amiga, ela tem um primo e……rsrsrsr acho mesma que vai rolar. Escondidissima, claro, mas vai sim kkkkk. 0brigada pelo espaço e felizes orgasmos anais a todas.

  128. ola,tive bebe rescente e desde entao estou com problemas de resecamento e tal,toda vez que vou ao banheiro sangro,meu marido é doido pra fazer anal,mas tenho medo de sangra,e tb acho desproporcinal o penis dele para meu bumbum,tem aver? isso,ou entra facil?

  129. nossa adorei seu post Le muito legal
    eu so fiz 3 vese e infelizmente as tres vezes digamos q elas fizerao o tam do cheque mais eu nao ligueoi as duas preimeiras vezes foi com uma fikante de 31 anos apesar de eu so ter 15 hj namoro com uma de 26 q tbm fez a cagada rsrs mais eu nao liguei apesar dela nao ter quentado e pediu pra tirar ai tomamos banho e foi a noite toda na porta da frente msm rsrs bjusss LE adorei seu blog tava querendo um desse

  130. Bom, eu conheci meu atual namorado com apenas 11 anos, foi, bem dizer, amor a primeira vista. Depois que nos vimos pela primeira vez não paramos mais de ficar. Hoje estou com 16 anos e ele vai completar 18. Mas só começar a namorar sério com meus 15 anos. Então… a partir do 2º mês já vínhamos conhecendo um ao corpo do outro, ele sempre me dizia que queria muito perder a virgindade comigo (pois, ele dizia ainda ser virgem, coisa que eu duvidava muito). Mas eu falava que ainda era nova e tínhamos acabado de entrar em um relacionamento sério e tal’z e ele ía entendendo, até completarmos 8 meses de namoro. Nesse dia minha mãe não ía dormir em casa e eu iria dormir sozinha com uma prima minha, de apenas 8 anos, ele foi dormir logo cedo e quando foi umas 2 horas da manhã, ele foi “se chegando”, e eu não resisti. Tranzamos pela primeira vez e posso afirmar não foi essa dor toda que algumas pessoas afirmam, posso dizer que senti até prazer por sentí-lo tão perto de mim e nu. Ele sempre se preocupava se estava doendo, se a posição era boa e tal’z, como sempre muito romântico. Depois desse dia não paramos mais, vamos fazer 1 ano esse mês. Mas de um tempo pra cá, ele vem querendo fazer anal em mim, somos muito íntimos, já fizemos oral um no outro e tudo mais. Mas anal eu só queria depois do casamento, pra, sei lá, ter uma “novidade”, só que ele quer muuito e eu admito que tenho curiosidade sim de experimentar, mas tenho medo de passar cheque, pois ele já tentou colocar 1 dedo e sempre me dá aquele desconforto, pensando que as fezes vão sair. Mas depois que li seu post e alguns comentários fiquei mais por dentro do assunto. Mas mesmo assim ainda prefiro fazer depois do casamento, vou ver daqui pra lá, vamos conversar ainda direitinho e ver no que vai dar. Ótimo blog! Parabéns!

  131. Estava curioso em saber como a mulher de hoje encara esse assunto ainda delicado. Então descobri o seu Blog e fico muito aliviado de saber que podemos contar com gente com opiniões honestas e corajosas. Tenho uma boa experiencia na prática do sexo anal (como hetero), mas prefiro mais ouvir do que falar, porque penso que cada pessoa entende e sente do seu modo. Acredito, entre tantos comentários femininos que fica claro que o fator do corpo do individuo é preponderante para que o sexo anal seja bem sucedido ou não. Em minhas experiencias conheci mulheres que adoraram e outras que jogaram a toalha antes que a penetração se fizesse total. Estou me esforçando pra não forçar a barra com a minha atual, mas confesso que meio viciei na brincadeira. Amo as mulheres e quero ser digno do amor delas, ou melhor, dela. Parabens pelo Blog e aos que sabem aproveitá-lo.

  132. AI esse é um grande problema para mim , já fiquei com um caso sério de Hemorroidas , e o pior disso meu novo namorado pediu para nois dois fazermos , ai eu comprei um gelzinho e tal , mas … doeu demais ele não chegou a gozar e eu fiquei mega tensa , eu AMO sexo , quem não ama né ? mas eu sinceramente quase desisti de fazer mais naquele dia , muita gente tá dizendo que de lado é bom , nunca experimentei , não troco o certo pelo duvidoso sabe , mas vou tentar , até pq eu amo quando ele se excita e sexo anal excita muuuito ele . PS ; só de ele morder minha bunda eu já morro de nojo , imagina lamber lá FAIL !!

  133. Minha amante já cagou no meu pau,já passou cheque(com fundo,é claro),e já gozou muito com nossas práticas de sexo anal,pois quando há “química” entre o par,tudo é possível.Não tem coisa melhor para um homem do que fazer sua parceira gozar até pelo cu,pois indica que está apto a sastifazer sua companheira.Ela é casada,mas é liberada pelo marido,pois o mesmo tem problemas de saúde que o impossibilita de cumprir suas “obrigações”,deixando essa parte tão “sofrida” para mim,estamos juntos há treze anos,cada um em seu canto, ele sabe de tudo,e somos muito felizes na cama,não usamos camisinha(não siga nosso exemplo),mas nunca tivemos problema,e não consigo viver sem o corpinho delicioso dela,inclusive o cu.

  134. Minha primeira relação anal foi hj , doeu .. mas primeiro ele colocou aó a cabecinha para eu n sentir dor , mas depois comecei a sentir mt tesão , e depois ele colocou tudo n aguentei e parei , meu anus até agora ta piscando n sei pq , isso foi o efeito ? na hr eu estava com muito medo de fazer coco vlh , é uma sensação gostosa e ao mesmo tempo tensa ! oq faço para isso melhorar ?

    • Isso de ter medo é bobagem, claro que tem o “risco” de sujar, mas o cara que gosta de um cuzinho sabe que tem uma boa chance disso acontecer. Comigo já aconteceu algumas vezes e eu sempre chamo ela pro banho comigo e agente continua se pegando numa boa.. até proponho a continuar tentando denovo no chuveiro, com agua corrente vai que vai sem crise, se ela estiver no tesão mesmo. Como vc disse é uam sensação gostosa qdo parece que tá com vontade, então é bom não disperdiçar.

  135. Adorei o post!!! Adorei os comentários….A bem da verdade é que eu sou lésbica e há um tempo atras conheci uma menina que toda hora insistia pra por o dedo lá….A gente sempre usou aquelas “cintas-caralho” e nossa relação sempre foi de muita sacanagem!!!!! UM belo dia depois de muita chupação, muita lambeção dedos e palavras mágicas, com ela me comendo de quatro, ela colocou um dedo…..depois dois, numa DP bem gostosinha que a minha unica reação foi relaxar pra ela conseguir colocar o pau….detalhe: Eu estava com as mãos amarradas, de quatro, na cama….Foi uma delícia, não doeu nada. Eu gozei bem forte e virei adepta. Hoje em dia a gente sempre faz….já me machucou algumas vezes……por conta da empolgação da hora….mas gente, a dor passa……e quando eu menos vejo já estou novamente com vontade de dar pra ela de todas as formas. Vale a pena mulherada!!!!

  136. Adoro sexo anal.. por sorte todas as vezes q fiz nao tive nenhum constrangimento desse “passar o cheque”, quando meu parceiro começa a penetrar no meu anus, fico mais taradinha, vou procurar evitar certos constrangimentos.. bjô

  137. Adoraria fazer com a minha esposa. Já pedi e ela negou. Mas ultimamente percebo que ela gosta quando massageio seu ânus enquanto penetro sua vagina. Mas paro por aí. Será que conseguirei?

  138. primeiramente adorei seu post… hahha

    tenho 17 anos de idade e namoro um cara com 19 anos de idade(temos um ano de namoro). agente faz sexo anal sempre (nunca sujei ele), ele tem um pau enorme de 22cm, eu como sou “gayrreiro” aguento tudo!!! hahaha. todo dia ele quer, mas não dou todo dia não, marrapah..:3
    … nao suporto que passe a lingua no meu cu, sei la, nao acho graca e acho muto nojento!!

  139. Dependemos do parceiro no clima também senão dá errado. Eu amo, tenho tesão demais no anal e sempre fiz com namorados. Nunca precisei fazer nenhuma preparação e sempre foi gostoso, sem cheiro nem sujeira. Ate que conheci meu marido que detesta e faz so pra me agradar. Com ele eu fico tensa e faço a contrações ao contrário. Resultado: nunca da certo e vivo com vontade. Tem que ser uma vontade dos dois e sei la se é psicológico mas eu tenho muitooo prazer com anal ate quando faço sozinha. Só com ele que não dá certo. =| frustrante,

  140. Adorei seu post
    nunca fiz sεχο αηαl, fiz sεχο pela primeira vez com 14,
    juro q odeio fazer sεχο me sinto angustiada,mesmo q n seja sεχο αηαl ,prefiro me masturbar e tenho uma duvida
    Pq a maioria das mulheres senten dor na primeira vez q faz sεχο?

  141. Olá, adoro anal e é importante sim a higiene antes, mas tem que saber fazer, não é uma lavagem intestinal e sim esvaziar a ampola retal, olhem o intestino em anatomia que entenderão como é nosso corpo. Usem uma ducha higiênica, porque mesmo que não estejam com vontade de fazer coco, as fezes permanecem lá, então o pênis fica literalmente no meio da merda. Sempre tive curiosidade em anal e meu marido sempre pedia, mas eu não conseguia pela dor e pelo medo em “dar merda”, mas pesquisei muito antes sobre como amenizar a dor e higiene, sabendo que está limpo, ficamos mais segura. Em relação ao prazer ele é fisiológico mas muito mais psicológico.
    Pessoalmente acho que no sexo vale tudo, quando se tem intimidade a dois é melhor ainda.

  142. Olá!
    Nas primeiras vezes que tentei (sem conseguir de fato a penetração), o sexo anal foi bem doloroso. Há uns dois anos pus em prática com meu então namorado o que a protagonista do livro ‘A casa dos budas ditosos’ fazia: o homem espera que a mulher comande o movimento aos poucos e encaminhe a penetração. Doeu um pouco no início da penetração, mas, junto com a masturbação do clitóris, foi um êxtase enorme!
    É como se amplificasse as sensações da vagina e do clitóris. De longe é a minha preferência.

    É fundamental para mim um namorado/companheiro/amante calmo e sem afobação. Por isso, antes de fazer, explico para o cara como eu “funciono” e pergunto se está ok.

    Contras: A área fica sensível e dolorida uns dois dias, por isso, infelizmente, não dá pra fazer com tanta frequência.
    Quanto à higiene, eu tomo banho antes e deixo pra fazer anal boas horas depois de ir ao banheiro.

    Abraço

  143. moneeety ameei seu saite , voce ta de parabens ! po , mas o tal do chuverinho é confiavel sim e a pessoa tem que saber fazer , por que se não ela vai se melecar toda .. e quando tiver tendo relação não pode fazer força pra fazer coco , por que se naõ vai sair fezes , e use smp camisinhas monaaas ! bjbj .

  144. Estou lendo muito aqui sobre dar o cu, eu nunca dei , mais quando estou fazendo sexo com a minha esposa adora que ela fique passando o dedinho no meu cuzinho e na hora que estou gozando ela enfia um dentro do meu cuzinho, só assim eu consigo gozar direito e acho muito bom assim e me da muito tesão.

  145. Eu adoro fazer anal faço sempre com meu marido, no começo tinha medo de doer fica tensa, agora tem orgasmos múltiplos, adoro conduzir, sentar nele e rebolar é muito bom mesmo….

  146. A primeira vez que tentei fazer anal, não foi feliz (era um negão, da rola cabeçuda e veiuda!), eu tinha 13 anos (sim, comecei cedo). Um tempinho depois, pouco mais de um ano eu fiz (era uma rola grossa também) e achei diferente, mas atualmente, com meus 17 anos, eu gosto e muito de dar o cú!! Ahhh é bom demais :)

    Na hora tudo tem seu equilíbrio, a mulher tem que falar como é melhor pra ela, aliás se ela não fala o homem pode achar que está tudo bem, o “companheiro” também tem que ter as “manhas” né?! Ir com calma, com jeitinho…

  147. adoro sexo anal e sempre me interesso pelo assunto e so de falar ja sinto tesão e olha que meu marido nem gosta tanto assim
    eu e que as vezes pego no pau dele e enfio atras ui ja estou com tesão..

  148. Eu gosto de um cu adoro pegar uma mulher de 4 ver a rola entrando sumindo dentro dela e ver ela gemendo e suando adoro quando vc tira a rola e o cusinho dela fica piscando que nen uma galinha quando acaba de botar um ovo adoro cu de mulheres de idadeviuvas que nunca deram no casamento e quando o fazem se desesperam e começlam a implorar para parar ai vc mete tudo e acaba comn as pregas delas que ja duram 50 60 anos ou mais minha paixão é um cu com todas as pregas no lugar eu dispenso ema buceta mas não dispenso um cu gosto quando a mulher chora com a rola entrando começa~a gemer peidar não pois o cu esta arrolhado e não ligo se elas cagam no meu pau viva o cu de mulheres viuvas e mal amadas pois aqui estou para mostrar para elas o prazer de engatar num cu

  149. eu queria mt dar kk’ mais pelo fato de ter a sensação de q saira algo eu nao consigo relaxar, porq se acontecer ficarei mt constrangida, meu namorado tbm tem mt vontade, e eu tbm quero mt, tentamos umas vezes em uma eu estava mais calma, entrou, mais se ele ficasse fazendo o movimento ia doendo mt, ai so fizemos essa vez.. ai como sei que doi, ja fico com esse pensamento iai isso ajuda a nao relaxar tbm.. adorei o blog!

  150. Queridas meninas, esse BOÇAL não entende nada do instinto feminino. Quando a fofa quer ser penetrada no fiofó, os dois têm que conversar muito antes “dos finalmentes”. Simplesmente enfiar por enfiar, que ele enfie no próprio, a seco, pra ver como deve ser dolorido, de acordo com relatos por mim lidos. Há as que gostam de uma lambidinha bem feita mas, o creme é fundamental, e mesmo assim, as preliminares devem ser feitas sem pressa, com muito carinho. Se sujar o “preguiçoso” e ela ficar constrangida, desfaça o clima de velório, diga que é normal e que “lavou, tá novo”, faça-a rir sem constrangê-la, acaricie-a. Converse bastante com ela sobre estratégias para a próxima tentativa sem envergonhá-la. Vá sempre devagar para não traumatizá-la e assim, garanto que se ela ao menos sentir pouca dor na 1ª vez, garanto que ela não se furtará a fazer novamente e cada vez mais gostoso para os dois. Mas o principal é: O PRAZER TEM DE SER OBRIGATORIAMENTE PARA OS DOIS.

  151. eu fiz sexo com 13 anos foi muito bom confesso que dói mas o que mais dói é o cu a perereca nem tanto eu acho que quem fica gritando ai como dói para para para é muito fias quenta eu quando dei só fiz assim ho haa ha vai com força só isso ….. quando eu fiz sexo o homem tinha 27 e eu 13 wu acho que idade não tem nada a ver né com concorda ai??????
    eu ADORO DA O CU A BUCETA NEM TANTO É PQ NÃO DOI EU GOSTO DE TICO DUROOO BEM DURO E GRANDEE PRA DAR DOR MUITA DOR EU AGORA TENHO E EU ESTOU JUNTA COM UM HOMEM DE 54 EU NÃO AMO ELE SO TO COM ELE PRA ELE ME COME TODO O DIA O PAU DELE É DUROOO E BEM GRANDE TEM UNS 20 CENTIMETROS EU CHUPO SENPRE E ELE LENBE A MINHA BECETA TODO O DIA

  152. Sou homem e já dei meu cú, algumas vezes, até já gozei na posição frango assado, sem me tocar, que posso dizer é que é maravilhoso, e os homens que tem medo de dar, nem tente, é gostoso pacas, nem tenha a curiosidade do fio terra, é assim que começa.
    O meu conselho para a primeira vez, ou em todas, se o pau dele for grande é, faça ele deitar e ficar de pau duro, coloque bastante KY em seu pau, e deixe ele colocar KY em seu cú, um dedo e dois, isso ajuda muito, depois fique de costa para ele e vá sentando, fale para ele só segurar, e que se ele se mexer vc sai e nada feito, ele ficará quietinho apreciando seu pau sendo engolido aos poucos, assem que vc sentar até as bolas, suba e desça algumas vezes, suba e deixe sair tudo, mas prenda como se estivesse prendendo a vontade de ir no banheiro, coloque mais KY e sente, quando se sentir a vontade, pode ficar de quatro e deixar ele se divertir e bombar até gozar, atenção, o cheiro é inevitável, não tem jeito, mas o tesáo compensa…

  153. Vendo alguns artistas fazerem a posição na TV eu gosto mesmo de fazer a chamada boquinha de garrafa. Tem que ser no chão, em um colchonete fino e estreito. Meu marido que tem um pênis grande, grosso e muito bonito deita no colchonete e eu assumo a posição apoiada somente na sola da ponta dos pés, pernas bem abertas e flexionando-as vou descenso a bunda e o anus, antes tenho que colocar na reta, e vapt de uma só vez. A essa altura o pênis de meu marido já está 100% rígido e lubrificado com a minha saliva do boquete que fiz no clímax dele anterior (primeiro prato). Não sento no marido, apenas encosto o anus no pelos dele, dou o cote forte com o sfinger na base do pênis para para não sair nem um pouquinho e começo a acelerar o rebolado até ele dar a ordem assim, com os braços levantados em V mantenho o último ritmo até ele mandar parar. Me preocupo, mas não falo nada, dos gritos que ele dá de tanta tesão.

    • Vendo alguns artistas fazerem a posição na TV eu gosto mesmo de fazer a chamada boquinha de garrafa. Tem que ser no chão, em um colchonete fino e estreito. Meu marido que tem um pênis grande, grosso e muito bonito deita no colchonete e eu assumo a posição apoiada somente na sola da ponta dos pés, pernas bem abertas e flexionando-as vou descenso a bunda e o anus, antes tenho que colocar na reta, e vapt de uma só vez. A essa altura o pênis de meu marido já está 100% rígido e lubrificado com a minha saliva do boquete que fiz no clímax dele anterior (primeiro prato). Não sento no marido, apenas encosto o anus no pelos dele, dou o cote forte com o sfinger na base do pênis para para não sair nem um pouquinho e começo a acelerar o rebolado até ele dar a ordem assim, com os braços levantados em V mantenho o último ritmo até ele mandar parar. Me preocupo, mas não falo nada, dos gritos que ele dá de tanta tesão.

  154. Dica 3 – Deixar ela guiar, é fantástica. É bem por aí.

    Dica 5 – Tem como evitar. O procedimento correto seria mesmo a lavagem intestinal, entretanto, não dever ser realizada com frequência, o que diminui a quantidade vezes para relações anais.

    Dica 8 – Masturbe-se durante a penentração. Sim toque uma siririca. relaxa, excita e em conjunto com a penetração anal te leva as nuvens.

  155. Fiz anal só com uma mulher até hoje, acho que não tive sorte de me relacionar com muitas mulheres “mente aberta” ou dispostas a ir um pouco mais longe do que o convencional. Essa mulher era mais velha e mais experiente e muito safada. Ela topava tudo mesmo e sabia como me deixar maluco. Tinha que dar uns tapas no meu pau pra não gozar antes da hora, era tesão demais. Um dia nos encontramos e ela estava nos seus dias vermelhos, mas estava tão tarada que quis dar o cu. Ela pediu pra eu deitar enquanto ela ia sentando e encaixando. Nossa, foi espetacular. Não sabia que meter no rabo de uma mulher era uma coisa tão boa, tão apertadinho. O tesão tava tanto joguei ela de quatro e comecei a bombar forte, feito louco e ela gritava mandando eu meter mais. Depois disso nós viciamos e quase todas as vezes que nos víamos rolava sexo anal. Eu nunca tive a oportunidade de iniciar uma mulher nesses trabalhos, mas tenho vontade.

  156. Você conhece caso de algum cara que já terminou depois de uma passada de cheque?Acaba com a auto estima já pouca da gente…Por favor me responda

  157. Eu tenho 17 anos, e tenho curtido muito anal e eu consigo gozar , acho que meu parceiro ajuda muito também, alias descobri que gosto de dor também, amarras , submissão ,gostaria que fizesse um texto sobre BDSM e SM .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>